Todas as equipes classificadas para o Campeonato Mundial 2021 de League of Legends

A espera está quase acabando.

Imagem via Riot Games

Pelo segundo ano seguido, o Campeonato Mundial de League of Legends aconteceria na China. Passando por cinco cidades diferentes, a etapa inicial do campeonato seria realizada em Xangai e a final, em Shenzhen.

Mas, para acomodar o máximo possível de equipes durante a pandemia de COVID-19, que ainda não acabou, a Riot precisou tomar a difícil decisão de transferir o Mundial 2021 da China para a Europa.

“Achávamos que a produção do Mundial de 2020 seria a mais difícil da nossa história“, disse Needham. “Com a distribuição de vacinas no mundo todo neste ano, esperávamos que, em 2021, tudo estaria voltando ao ‘normal’.

“Infelizmente, não é isso que estamos vendo. Com a variante Delta, as restrições de viagem e os protocolos contra a COVID tornaram nossa vida ainda mais complicada em 2021 do que era em 2020.”

Com a China fora de cogitação, a Europa era a melhor alternativa para o evento. “Após considerar todas as opções, concluímos que transferir a sede do Mundial para a Europa daria uma melhor oportunidade para que a maioria das equipes e os melhores jogadores pudessem competir”, explicou Needham.

O Mundial 2021 — que acontece na Islândia de 5 de outubro a 6 de novembro — junta os melhores times de 11 ligas regionais em busca da Copa do Invocador.

Ao todo, serão 22 times participando do evento, incluindo quatro times da China e da Coreia do Sul, três times da Europa e da América do Norte, dois times de Taiwan e um time para cada uma das seguintes regiões: Brasil, América Latina, CEI, Japão, Oceania e Turquia.

Confira todos os times participantes do Mundial 2021.

LPL (China)

  • FunPlus Phoenix (classificada para a fase de grupos)
  • EDG (classificada para a fase de grupos)
  • RNG (classificada para a fase de grupos)
  • LNG

A FunPlus Phoenix garantiu sua vaga no Mundial pela primeira vez desde 2019, quando venceu o campeonato. Foi uma semifinal dominante contra a WE que garantiu a vaga nas finais locais e, no mínimo, a maior quantidade de pontos do campeonato entre todos os times, com 180.

A EDG se classificou para o Mundial 2021 após uma vitória convincente contra a Team WE na semifinal do LPL Summer Split. Com 160 pontos do campeonato e atrás apenas da FPX no placar, o time avança direto para a fase de grupos do evento.

A Royal Never Give Up garantiu a terceira vaga da China no Mundial após derrotar a Team WE na final regional, compensando uma vitória inicial contra a LNG na fase eliminatória do LPL Summer Split.

Uma vitória contra a Team WE na segunda rodada da final regional garantiu a quarta vaga do Mundial 2021 para a LNG. Será a primeira vez da equipe no maior evento de League of Legends do ano.

LCK (Coreia do Sul)

  • DWG KIA (classificada para a fase de grupos)
  • Gen.G (classificada para a fase de grupos)
  • T1
  • Hanwha Life

A DWG se classificou para o Mundial 2021 com base nos pontos do campeonato que ganhou na temporada. Ao todo, 190 pontos — 90 do Spring Split e 100 do Summer Split — garantiram a classificação dos atuais campeões mundiais.

A Gen.G garantiu sua vaga no Mundial 2021 após acumular 150 pontos do campeonato. O bom desempenho da equipe nas duas temporadas regulares amenizou o prejuízo sofrido na fase eliminatória.

A T1 chegou ao Mundial 2021 desafiando a sorte. A boa passagem pela fase eliminatória do Summer Split — derrotando a SANDBOX nas quartas-de-final e a Gen.G na semifinal — garantiu 100 pontos do campeonato, com mais 30 da temporada seguinte.

Uma vitória por 3-0 contra a NS RedForce na final regional da LCK garantiu a quarta e última vaga da Coreia no Mundial 2021 para a Hanwha Life. Jeong “Chovy” Ji-hoon, talvez um dos melhores jogadores da rota do meio no país, e Kim “Deft” Hyuk-kyu, veterano conhecido da região, estarão de volta aos palcos internacionais.

LEC (Europa)

  • MAD Lions (classificada para a fase de grupos)
  • Rogue (classificada para a fase de grupos)
  • Fnatic (classificada para a fase de grupos)

Repetindo seu desempenho na fase eliminatória do LEC Spring Split, a MAD Lions derrotou a G2 Esports por 3-1 para garantir sua vaga no Mundial 2021. Os antigos campeões da LEC deixaram muito a desejar na série melhor-de-cinco.

Terminando em primeiro lugar a primeira temporada regular da LEC, com placar de 13-5, uma vitória no duelo acirrado contra a Misfits era tudo que a Rogue precisava para se classificar para o Mundial 2021. A chegada de Odoamne na rota superior foi essencial para o sucesso da equipe nos últimos oito meses.

A Fnatic derrotou a antiga rival G2 Esports e garantiu a última vaga da Europa no Mundial 2021. Trocar a rota de Gabriël “Bwipo” Rau do topo para a selva rendeu frutos na fase eliminatória.

LCS (América do Norte)

  • 100 Thieves (classificada para a fase de grupos)
  • Team Liquid (classificada para a fase de grupos)
  • Cloud9

A Team Liquid se classificou para o Mundial 2021 após uma vitória decisiva por 3-1 sobre a TSM na fase eliminatória do LCS Summer Split. A equipe se recompôs quando mais importava, apesar de ter enfrentado problemas de saúde, gerência e equipe técnica.

Pela primeira vez desde 2018, a 100 Thieves se classificou para o Mundial após derrotar a Evil Geniuses na fase eliminatória do LCS Summer Split. Mudar o elenco fez grande diferença para o time.

Um retorno à velha forma para a Cloud9 foi o que fez o time se classificar para o Mundial 2021 após uma vitória apertada por 3-2 sobre a TSM na chave dos perdedores do Summer Split. O timem mais bem-sucedido da região NA vai, mais uma vez, representá-la no palco do Mundial.

PCS (TW/HK/MC/SEA)

  • PSG Talon (classificada para a fase de grupos)
  • Beyond Gaming

A PSG Talon foi coroada campeã da PCS após uma campanha perfeita de 18-0 no segundo split. Uma vitória acirrada de 3-2 contra a Beyond Gaming na grande final garantiu a vaga da equipe no Mundial 2021.

A Beyond Gaming derrotou a atual campeã PSG Talon em uma semifinal de cinco jogos que começou com desvantagem de 2-1, garantindo o ingresso no Mundial 2021. É a primeira participação da organização no Mundial desde que adquiriu a vaga da ahq eSports Club em janeiro.

VCS (Vietnã)

Os dois maiores times do Vietnã não poderão mais participar do Mundial 2021, segundo o TheThao. Quando a Riot transferiu o campeonato da China para a Europa, as equipes do Vietnã tiveram dificuldades para adquirir os vistos necessários. A Riot confirmou a informação em 9 de setembro.

CBLOL (Brasil)

  • RED Canids

Depois de se classificar para a fase eliminatória por pouco, a RED Canids derrotou o Flamengo Esports, a Vorax Liberty e a Rensga Esports e garantiu sua vaga no maior evento de League of Legends do ano.

LCL (CEI)

  • Unicorns of Love

A Unicorns está de volta para seu terceiro Mundial consecutivo após uma série surpreendente na fase eliminatória do LCL Summer Split. Depois de perder para a CrowCrowd na segunda rodada, o time se redimiu na final.

LLA (América Latina)

  • Infinity Esports

Uma vitória por 3-2 contra a Estral Esports na final da segunda fase da LLA 2021 classificou a Infinity Esports para o Mundial 2021. Com uma mistura de integrantes argentinos, chilenos, peruanos e uruguaios, a equipe busca deixar sua marca na Europa neste ano.

TCL (Turquia)

  • Galatasaray Esports

A Galatasaray estreia no Mundial após uma vitória por 3-0 sobre a NASR na final do TCL Summer Split.

LJL (Japão)

  • DetonatioN FocusMe

A DFM está de volta ao Mundial depois de derrotar a Rascal Jester na fase eliminatória do LJL Summer Split. Uma derrota apertada na segunda rodada da chave de eliminação dupla foi compensada com uma vitória de lavada na grande final.

LCO (Oceania)

  • Peace

A Peace surpreendeu na Austrália e derrotou a Pentanet.GG, representante da região no MSI, na final do segundo split da LCO, garantindo sua vaga para o Mundial 2021. A equipe, apesar de mal chegar à fase eliminatória, terminou com uma vitória por 3-0 contra a vencedora do primeiro split.

Artigo publicado originalmente em inglês por Jerome Heath no Dot Esports no dia 23 de agosto.