A equipe de design de LoR busca informações com a comunidade sobre cartas Épicas pouco usados

Algumas cartas épicas não estão fazendo jus a sua raridade.

Imagem via Riot Games

Buscando melhorar as cartas épicas de baixo desempenho em Legends of the Runeterra, a equipe de design está planejando fazer ajustes na atualização 1.4.  

O líder de design da equipe do LoR, Alexz Lee, perguntou aos jogadores do Twitter e do Discord sobre as cartas Épicas que precisam ser “aprimoradas”.

 

Vários criadores de conteúdo competitivo de LoR responderam à pergunta de Lee, junto com jogadores casuais, buscando um pouco de amor pelas cartas épicas que geralmente não são jogáveis ​​devido aos altos custos de mana ou limitações que as impedem.

Três cartas mencionados repetidamente nos comentários incluem Ren Lâmina Sombria, Aurok Chifreluzente e Jae Medarda.

Ren Lâmina Sombria foi a carta Épica de LoR mais mencionada. Ela se enquadra nas duas categorias de custos muito alto e de não poder ter impacto devido a suas limitações. Com um custo de oito de mana para ser jogada, o seguidor Ioniano concede Efêmero a um seguidor invocado pelo inimigo. Várias propostas incluíam reduzir o custo de Ren Lâminas Sombrias em um ou dois de mana ou ajustar seu texto para sinergizar melhor com os decks efêmeros, que incluem campeões como Hecarim e Zed. 

Sugestões sobre Jae Medarda visavam diminuir seu custo de mana. E os jogadores mencionaram Aurok Chifreluzente várias vezes devido à falta de impacto que o Noxiano tem com um custo de mana de seis. Outras cartas Épicas de LoR mencionadas incluem o feitiço Aurora Poreal, por custar muito, e Videira Vigorosa, por sua falta de impacto na jogabilidade Construída.  

Espera-se que todas as alterações feitas nas cartas Épicas sugeridos ocorram com a atualização 1.4 do LoR, programada para entrar em vigor em 24 de junho.

Artigo publicado originalmente em inglês por Danny Forster no Dot Esports no dia 04 de junho.