Dono da TSM confirma que Spica e Huni continuam no time na temporada 2022 da LCS

Finalmente um pouco de estabilidade para os fãs da TSM na próxima temporada do LoL.

Foto de Tina Jo via Riot Games/ESPAT

Depois da notícia de que Bjergsen, antigo jogador do meio e atual técnico de League of Legends na TSM, sairia do time, o dono da organização, Andy “Reginald” Dinh, respondeu perguntas dos fãs sobre o futuro da equipe.

Reginald confirmou no subreddit da TSM que Huni, do topo, e Spica, o caçador, continuariam no time durante a temporada 2022 do LoL profissional.

“Spica/Huni continuam com a gente no ano que vem”, disse Reginald. “Não estamos abertos a vender ou trocar os contratos desses jogadores.”

A TSM também confirmou a saída do suporte SwordArt do time. E, no começo do mês, o meio atual da organização, PowerOfEvil, anunciou que estava explorando outras opções.

Nesta temporada, a TSM chegou a uma partida de garantir a ida ao Campeonato Mundial de League of Legends, mas acabou não conseguindo avançar. O time de 2021 da TSM contava com cinco jogadores que nunca tinham jogado juntos até o começo da temporada.

Quanto a Huni e Spica, a dupla terá mais uma chance de desenvolver sua química na próxima temporada da LCS. Spica ganhou o prêmio de MVP da LCS em 2021, enquanto Huni também foi homenageado no Summer Split deste ano. O contrato de Huni e Spica no time vale até o fim da temporada 2022, enquanto o atirador do time, Lost, está garantido também para 2023.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 29 de outubro.