Team Liquid surpreende Invictus Gaming nas semifinais do MSI 2019

A Team Liquid chocou o mundo.

Foto via Riot Games

Essa matéria é um oferecimento de IKON, desafiando você a compartilhar seus melhores momentos de jogo e a ganhar prêmios incríveis.


Todas as probabilidades estavam contra eles. A maioria dos analistas não lhes deu uma chance em um milhão. E ainda assim, a Team Liquid provou que o mundo inteiro estava errado quando conseguiu derrubar a Invictus Gaming em quatro jogos no confronto da semifinal do MSI 2019 de hoje.

Foi uma série incrível desde o primeiro minuto, quando Team Liquid e Invictus Gaming mostraram que não tinham medo de criar emboscadas a qualquer momento. A Liquid, no entanto, pode ter tido o desempenho mais limpo de todas as equipes norte-americanas, especialmente em suas lutas de equipe e macro. A Liquid também jogou no ritmo da Invictus Gaming e acelerou o andamento sempre que podia.

A Liquid  levou os jogos um e dois com uma combinação de alguns grandes ganks pró-ativos de Jake “Xmithie” Puchero, que ficou bem quieto durante a fase de grupos do MSI. Depois, a Team Liquid teve alguns desempenhos de destaque de Jung “Impact” Eon-yeong, Nicolaj Jensen e Yiliang “Doublelift” Peng.

O terceiro jogo foi para a IG depois de um desempenho dominante de Song “Rookie” Eui-jin em sua escolha clássica de LeBlanc. Sua habilidade de derrotar os jogadores da Liquid individualmente foi demais e os campeões mundiais de 2018 revidaram com força.

No jogo quatro, no entanto, a Liquid revelou algumas escolhas de nicho com Skarner e Lux, que fizeram uma grande diferença. Xmithie foi uma ameaça nos estágios iniciais do jogo, encontrando eliminações à parte em todos os jogadores da IG e conseguindo deixar seus companheiros de rota com a vantagem. Jo “CoreJJ” Yong-in também foi extraordinário nesta série para sua equipe, pois ele constantemente encontrou incríveis iniciações para deixar a Liquid no jeito para vencer, e ele ganhou o título de melhor jogador da série como resultado.

Esta é sem dúvida a maior surpresa da história de League of Legends. A Team Liquid respondeu continuamente à afinidade da Invictus Gaming por iniciações e a superou em lutas de equipes. A IG também continuou cometendo erros com agressividade excessiva, mesmo quando a luta havia sido perdida. Os problemas de início de jogo da Liquid foram quase inexistentes nesta série, e eles floresceram como resultado.

Os representantes norte-americanos agora aguardam as finais do MSI, onde enfrentarão a SK Telecom T1 ou a G2 Esports. A Liquid sai como um dos times mais fortes que a América do Norte já criou, e ela está pronta para levar o primeiro campeonato internacional para a região.

Esta matéria foi originalmente publicada em inglês por Tyler Esguerra.