TNC Predator contrata kpii e March e técnico Heen deixa a organização

A equipe que era toda filipina agora conta também com talentos estrangeiros.

Foto via Valve

A TNC não perdeu tempo e já confirmou a entrada Damien “kpii” Chok e Park “March” Tae-won, menos de 12 horas depois de revelar que Carlo “Kuku” Palad e Nico “eyyou” Barcelon saíram do time.

A TNC será o segundo time do sudeste asiático que participou do TI9 a confirmar sua escalação. Assim como a Fnatic, a TNC procurou reforços na Mineski e na Team Jinesbrus. Enquanto a Fnatic foi atrás das superestrelas em ascensão, a TNC procurava os mais experientes.

Kpii é um dos off-laners mais experientes e viajados de Dota 2: o australiano já jogou em times da Coreia do Sul e da China. Agora, ele vai jogar na organização filipina TNC ao lado de March, outro jogador experiente, que já trabalhou também como técnico e apresentador.

March deixou oficialmente a Team Jinesbrus como jogador e a Fnatic como técnico. Ele e kpii já jogaram juntos na MVP Phoenix, e terminaram entre os oito melhores do The International 2015.

Lee “Heen” Seung Gon vai deixar o cargo de técnico da TNC. Heen, técnico respeitado que venceu o TI7 com a Liquid, foi reconhecido como responsável por levar força e experiência a um time jovem que transbordava talento. Agora, essa responsabilidade vai caber aos dois novos jogadores.

A TNC começou bem no The International 2019, brilhando na fase de grupos e garantindo uma vaga na chave dos vencedores no evento principal. A sorte virou no palco principal, e o time perdeu duas séries seguidas, para a Vici Gaming e a Liquid, terminando o TI9 em nono.

Artigo publicado originalmente por Dexter Tan Guan Hao em inglês no Dot Esports no dia 13 de setembro.