As novas skins Reinos Vinculados de VALORANT justapõem o bem e o mal e inclui Vandal, Op, Ghost, Guardian e um corpo a corpo de dupla

Os cosméticos são semelhantes a Lúgubre e Soberania, mas com um toque diferente.

Imagem via Riot Games

Logo depois das skins Lúgubre recém-lançadas, a Riot está mais uma vez expandindo a história de armas de VALORANT com o pacote Reinos Vinculados que está por vir.

A nova linha de skin, que será lançada em 26 de maio, brinca com as temáticas familiares do bem contra o mal vistas nos cosméticos Lúgubre e Soberania já existentes. Reinos Vinculados usa o mesmo método visto em Paraíso Invernal, fazendo a transição entre duas cenas diferentes sempre que você passa da luz do sol para a sombra em um mapa. E o pacote incluirá uma arma corpo a corpo dupla pela primeira vez, junto com o Vandal, Operator, Guardian e Ghost.

Imagem via Riot Games

“Queríamos retratar dois mundos idênticos: um divino e um corrupto, inspirando-nos em IPs (Propriedade Intelectual) como Diablo ou Darksiders, e até Destiny, na forma como brincam com Luz e Escuridão”, disse o líder de arte de conteúdo premium, Sean Marino. “Um prospera em um universo onde o mundo é brilhante e as pessoas são justas e, no outro, o mundo é escuro e as pessoas se tornaram corruptas.”

A Riot inicialmente queria brincar com essa justaposição trabalhando os temas de Soberania e Lúgubre em uma única skin, mas isso provou ser um “pesadelo técnico”, de acordo com Marino. Então, em vez disso, os desenvolvedores voltaram-se para os cosméticos do tipo “tela verde” que ainda homenageiam os modelos de armas Soberania e Lúgubre, mas oferecem uma reviravolta interessante com texturas móveis e um novo tipo de arma corpo a corpo.

Imagem via Riot Games

As skins chegam no nível Premium e provavelmente custarão 7.100 VP pelo conjunto ou 1.775 VP por peça. Conseguir o corpo a corpo Prosperity and Demise por conta própria provavelmente custará 3.550 VP, a menos que a Riot aumente o preço, já que você receberá duas armas diferentes. O nível um do corpo a corpo é a Espada com texturas de movimento personalizadas, mas os jogadores podem atualizá-la com Radianita para adicionar a Adaga também.

“Esperamos que os jogadores realmente gostem deste tipo de skin, porque nos dá oportunidades de expandir a história que criamos para nossas diferentes fantasias temáticas”, disse Marino. “Nós apenas começamos a mostrar toda a sabedoria e fantasia de uma skin através das cartas do jogador, e skins como essas nos permitem mergulhar mais fundo.”

A Riot também discutiu as novas skins Minima hoje em uma entrevista exclusiva com o YouTuber aSmoogl, um pacote minimalista que inclui Phantom, Spectre, Operator, Ares e Sheriff. “Menos é mais” é o tema desta linha de skin, com os cosméticos oferecendo opções de design sutis, mas deliberadas. O Phantom não tem mira no modelo, por exemplo, mas projeta quando você entra no modo de mira. E o Operator tem uma mira quadrada, a primeira vez que a Riot fez isso para a arma.

“Foi definitivamente um desafio difícil porque tivemos que descobrir os limites do muito e do pouco”, disse a Riot. “Tentar encontrar aquele bom equilíbrio entre design demais e manter o que é suficiente aqui.”

Minima chega na faixa de preço da Edição Deluxe, que será de 1.275 VP por peça ou 4.270 pelo pacote. Não inclui um corpo a corpo ou qualquer carta de jogador, então você só vai pagar pelas cinco skins.


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 11 de maio.