Como a Atualização 1.45 do RTP pode mudar o meta de Overwatch

Pegue seu cavalo e jogue de cowboy.

Imagem via Blizzard Entertainment
Esta imagem possui um atributo alt vazio;  seu nome de arquivo é SB1.png

Este artigo foi trazido pelo Statbanana, a melhor ferramenta de estratégia de Overwatch.

Tem sido um inverno difícil para os jogadores de Overwatch, mas a mais nova atualização na Região de Testes Pública (RTP) pode oferecer algum alívio. A Atualização 1.45 propõe enormes enfraquecimentos para os heróis de escudo mais populares, Orisa e Sigma, oferecendo fortalecimento e alterações de equilíbrio aos heróis de dano. Todas essas mudanças foram feitas na tentativa de derrubar o meta atual, ou a composição de equipe mais popular, que gira em torno dos heróis de escudo.

A atualização 1.45 ainda está em teste no RTP e provavelmente permanecerá lá por algumas semanas. Nenhuma dessas mudanças é está decidida, mas já temos algumas idéias de como elas podem alterar o meta competitivo de Overwatch.

Estratégias de tanque de nicho

Há um tempo a Orisa era usada apenas em cenários específicos, como proteger um Bastion na carga ou criar uma composição de bunker. Com a chegada da fila por função e a introdução de Sigma, no entanto, ela se tornou uma opção obrigatória em quase todos os jogos competitivos. Mesmo com os fortes enfraquecimentos para os heróis nas últimas duas atualizações, Orisa e Sigma reinaram supremos como as escolhas de tanque ideais para jogos de alta habilidade.

Após a Atualização 1.45, podemos ver um pequeno retorno a essas estratégias de nichos de tanque. O disparo primário de Orisa recebeu uma redução de dois pontos de 11 para 9, reduzindo bastante o dano que ela pode causar. O Fortificar recebeu um tempo de recarga de 10 segundos, além da redução de força de 10% que recebeu na Atualização 1.44. A habilidade mais importante de Orisa, Parados!, que arrasta inimigos para uma área central, teve sua duração de atordoamento reduzida quase pela metade de 1 segundo para 0,65 segundos. 

Com essas mudanças, Orisa se torna menos capaz de desempenhar seu papel no meta atual de tanques pesados. Graças aos imensos enfraquecimentos do Fortificar, Orisa não consegue resistir a danos como costumava fazer. Reinhardt, com sua passiva Inabalável, teoricamente seria capaz de resistir melhor a danos e repulsões. Orisa nunca estará fora do meta, mas ela pode ser mais útil em situações que exigem explicitamente seu Parados! e não seu Fortificar. 

Sigma também recebeu grandes mudanças em seu kit na Atualização 1.45. A mais importante é uma mudança crítica em sua habilidade suprema Fluxo Gravitacional. O supremo agora pode ser interrompido antes que os heróis caiam e sofram danos. Anteriormente, Sigma não podia ser atordoado ou eliminado de seu supremo. Heróis como McCree, Sombra, Sigmas inimigos ou franco-atiradores agora têm a chance de salvar seu time do Fluxo Gravitacional. Além disso, a Acreção da Sigma agora causa um terço a menos de dano e o Fluxo Gravitacional desacelera os heróis por um tempo mais curto.

Sigma ainda é um importante herói de escudo, especialmente quando em conjunto com Orisa. Por causa da mudança no seu supremo, os jogadores de Sigma terão que tomar cuidado ao lançar o Fluxo Gravitacional. Isso pode tornar outros tanques mais viáveis ​​ao enfrentar heróis com potencial de atordoamento. Zarya, que recebeu um fortalecimento em seu disparo secundário algumas atualizações atrás, pode encontrar o caminho de volta para o meta. Reinhardt e Zarya fizeram um bom par no passado e poderão ver mais tempo de jogo após a Atualização 1.45.

McForte 

As mudanças mais populares na Atualização 1.45 são os muitos fortalecimentos no cowboy favorito de Overwatch, McCree. Em um conjunto de fortalecimentos que aparentemente surgiram do nada, a vida de McCree aumentou de 200 para 250. Enquanto seu disparo primário ganhou um tempo de carregamento um pouco maior, qualquer desvantagem é instantaneamente compensada por uma grande reformulação em seu supremo Tiro Certeiro. McCree agora pode se virar à vontade enquanto usa o supremo, mirando em alvos ao seu redor. Anteriormente, os jogadores de McCree ficavam atordoados enquanto usavam o Tiro Certeiro. 

Com sua vida aumentada, McCree agora pode aguentar mais danos de outros heróis de dano ou tanques. Isso o torna infinitamente mais perigoso para heróis como Pharah e Doomfist, que podem não ser capazes de eliminá-lo antes que ele atinja um tiro na cabeça dos dois. A reformulação de Tiro Certeiro permite que McCree aponte teoricamente o seu supremo em um círculo de 360 ​​graus ao seu redor. O tiro na cabeça instantâneo pode acertar um Genji antes que ele saque sua Lâmina do Dragão ou, mais importante, um Sigma antes de lançar o Fluxo Gravitacional. 

Hanzo e Reaper tiveram enfraquecimentos na Atualização 1.45, possivelmente para reduzir sua taxa de escolha esmagadora. A velocidade do projétil de Hanzo foi reduzida e agora suas Flechas da Tempestade causam 60 de dano, em vez de 70. Roubo de vida de Reaper, que lhe devolve a vida com base no dano que ele causa, foi reduzido de 40% para 30%. Isso o torna menos capaz de explorar ao máximo o dano a tanques e heróis com muita vida. 

McCree pode ver um aumento na taxa de escolha, pois os jogadores de DPS ficam empolgados com essas mudanças. Isso é uma má notícia para quem usa Pharah e Tracer, mas pode ser uma boa notícia para jogadores que estão cansados ​​de enfrentar Hanzo, Reaper ou Mei a cada luta.

Baptiste enfraquecido novamente 

Assim como Orisa e Sigma, Baptiste tem sido uma escolha obrigatória nas partidas mais competitivas nos últimos meses. Graças a uma enorme taxa de cura por explosão e ao seu Campo de Imortalidade, ele tem sido indispensável contra causadores de dano como Mei e Hanzo. A Atualização 1.45 reduziu seu poder de granada de cura de 60 para 50 e diminuiu o tempo de carregamento de seu disparo primário. Muitos jogadores brincaram que Baptiste é um “DPS secundário” devido ao seu disparo primário, então essa mudança torna a arma menos opressora.

Baptiste também viu enfraquecimentos significativos na Atualização 1.44 em seu Campo de Imortalidade e na sua Matriz Amplificadora. Duas atualizações seguidas de enfraquecimentos ainda não são suficientes para tirá-lo completamente do meta, mas, como seus colegas tanques, ele pode ser relegado a cenários de nicho. Ana pode ser uma escolha melhor para sua granada de cura e capacidade de manter tanques com muita vida como o Estimulante. Moira também pode ser uma escolha consistentemente melhor do que Baptiste por causa da quantidade que consegue curar.

Mudanças no meta normalmente não são óbvias até que profissionais ou outros jogadores de Overwatch de alto nível se acostumem à elas. A Liga Overwatch começa em duas semanas e jogará na Atualização 1.44 . Dependendo da velocidade do Patch 1.45, ele poderia ser jogado profissionalmente antes do esperado.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 25 de janeiro.