10 DE maio DE 2018 - 10:54

Não Tem Como se classifica para a ESL One Belo Horizonte de CS:GO

KNg, felps e fnx voltam a disputar grandes torneios internacionais presenciais
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via ESL

A Não Tem Como garantiu a única vaga sul-americana para a ESL One Belo Horizonte de Counter-Strike: Global Offensive na noite dessa quarta-feira (9). A equipe derrotou a Fúria e-Sports na final das qualificatórias sul-americanas online do campeonato.

A NTC disputará a primeira edição do torneio internacional sediada no Brasil, em Belo Horizonte, no ginásio Mineirinho. O campeonato acontece dos dias 13 a 17 de junho e também contará com os brasileiros da SK Gaming, que já foram convidados para o evento, e com outras seis equipes da América do Norte e Europa.

A Fúria começou a série com um mapa de vantagem por vir da chave dos vencedores das qualificatórias. A Fúria havia vencido a Não Tem Como na chave dos vencedores por 2-0 no fim de abril. Dessa vez, a Não Tem Como venceu a série por 3-2 em mapas disputados.

A ESL One Belo Horizonte é o primeiro campeonato internacional presencial que alguns jogadores da Não Tem Como disputarão desde polêmicas que mudaram suas carreiras, como a expulsão de Vito "kNg" Giuseppe da 100 Thieves e o eventual fim da equipe de CS:GO da organização, que envolvia jogadores chave da NTC como Bruno "bit" Lima e Lincoln "fnx" Lau. Além dos três, o ex-SK Gaming João "felps" Vasconcellos e o ex-Luminosity Gaming Marcelo "chelo" Cespedes completam a Não Tem Como.

Rumores recentes indicam que o elenco da Não Tem Como pode ser contratado pela SK Gaming depois que o contrato do elenco atual da organização vencer em junho. Pelas regras globais da ESL, uma organização não pode ter dois times em um mesmo campeonato. O CEO da ESL Brasil, Leo De Biase, confirmou a regra em entrevista à ESPN Esports Brasil e afirmou que aguarda um posicionamento oficial da sede global da empresa se a contratação acontecer.

Além da derrota de ontem, a Fúria eSports também perdeu a vaga nas finais da Pro League ao ser derrotada na final da ESL LA League no domingo (7) para a Sharks Esports.

A Não Tem Como já acumula oito vitórias seguidas em séries.

Próximo Artigo