Swim e Gummi tem sentimentos incertos sobre Atualização 0.9.2 de Legends of Runeterra

Kalista permanece impossível de ser jogada e o meta corre o risco de ficar obsoleto.

Imagem via Riot Games Legends of Runeterra

Ontem à noite, notícias quentes chegaram no podcast Runeterrable Radio, do fortalecimento de Kalista a um possível meta do beta aberto de Legends of Runeterra.

Os maiores streamers de LoR, Swimstrim e Gummi_God se uniram na noite passada à Saucymailman e Blevins, do podcast Runeterrable Radio. Ambos são jogadores de tier Mestre que estão por dentro das mecânicas de Legends of Runeterra e querem que o jogo tenha sucesso a longo prazo. Mas várias das alterações feitas na atualização recente deixaram Swim e Gummi preocupados com o futuro do LoR.

“Só porque uma carta é forte, não significa que precise ser enfraquecida”, disseram Swimstrim e Gummi.

Trecho do podcast da Runeterrable Radio

Desde o lançamento da versão beta aberta, as críticas ao jogo e aos fortalecimentos e enfraquecimentos são quase inexistentes. Mas tudo isso mudou com a atualização 0.9.2 do LoR, a maior atualização do jogo desde o lançamento do beta aberto. Um total de 23 pequenas alterações foram feitas que deveriam mudar o meta, semelhante à atualização 0.9.0. Grandes ajustes foram feitos aos campeões Kalista e Hecarim, junto com seus feitiços, além de conter fortalecimentos para o pacote Mageseeker e enfraquecimentos para Troop of Elnuks.

Antes da atualização ser lançada no início desta semana, jogadores de alto nível, como Swim e Gummi, compartilhavam sentimentos contraditórios em relação às mudanças recentes. E depois de horas de jogo e testes, eles concluíram que nem todos os enfraquecimentos e fortalecimentos correspoderam ao hype. 

A região das Ilhas das Sombras foi a mais afetada pelas mudanças feitas em Hecarim e Kalista, junto com os enfraquecimentos em Mark of the Isles e em Black Spear.

Mark of the Isles recebeu um enfraquecimento sólido, tornando-a uma carta justa. Mas o enfraquecimento em Black Spear foi um mau ajuste, de acordo com todos no podcast Runeterrable. O consenso geral sobre a Black Spear era que era um feitiço forte, mas não forte demais, e deveria ter sido deixado como estava.

A opinião sobre Kalista é de que ela poderia ter sido melhor antes de seu recente retrabalho na atualização 0.9.2 de LoR

“O tipo de deck que verá quatro aliados morrerem não é o tipo de deck que poderá aproveitar seu efeito de renascimento”, disse Swim. “A vida adicionada a Kalista não a ajuda. Ela precisa de foco; seja em Aggro, Midrange ou Control.”

O efeito do renascimento de Kalista deveria torná-la uma campeã mais viável dentro do meta de LoR, junto com seu aumento de vida. 

“A unidade [retornada] não é uma ameaça porque ela aparece depois dela e é efêmera, o que significa que Kalista morre de qualquer maneira”, disse Gummi.   

Ao discutir os vários ajustes da atualização 0.9.2 de LoR, a conversa mudou para o meta do jogo e por que a atualização não foi um sucesso geral. Gummi era particularmente apaixonado por esse tópico, sentindo que a equipe de LoR tem a liberdade de fazer mudanças agressivas devido ao jogo ainda estar em beta aberto.

“Eu joguei o mesmo meta no mês passado e, ao longo dessa atualização com o Swim no outro dia, sinto que jogarei o mesmo meta no próximo mês”, disse Gummi. Ele também acrescentou que deve haver mais fortalecimentos e menos enfraquecimentos. 

Swim sente que a equipe do LoR ficou um pouco aquém nesta última atualização. Ele acha que o problema é devido a falta de arquétipos distintos, o que pode levar a um meta obsoleto nas próximas semanas. 

“Por causa do sistema de reserva de feitiços, ele cria essa pequena curva, e acho que isso é ótimo”, disse Swimstrim. “Acho que ter jogos mais uniformes é realmente bom. Mas os decks precisam se diferenciar pelo arquétipo e pelo padrão de jogo, e o jogo não está fazendo isso o suficiente no momento.”

Os especialistas no podcast concordaram em seus pensamentos sobre os outros enfraquecimentos e fortalecimentos menores, dizendo que são divertidos, mas não terão um grande impacto nos decks do meta existentes ou mudarão o meta no momento. Isso inclui alterações de feitiços feitas em Iceborn Legacy, Poro Snax e Pack Mentality.

Saucymailman passou a maior parte de sua stream na outra noite tentando transformar Poros em um arquétipo viável no meta de LoR, mas concluiu que “se você está tentando vencer, provavelmente não vai jogar com o arquétipo de Poros”.

O grupo de jogadores também concordou que o enfraquecimento de The Rekindler era justo e provavelmente não afetaria muito o meta, enquanto o pacote Mageseeker pode ter algum destaque, mas não como a equipe do LoR achou que poderia. Também foi observado que as mudanças feitas no Brood Awakening, apesar de o feitiço ainda estar fraco, foram um sinal positivo de que a equipe do LoR pode admitir quando um enfraquecimento der errado.

A transmissão completa do episódio 16 do Runeterrable pode ser encontrada no YouTubeTwitch e Spotify.

Artigo publicado originalmente em inglês por Danny Forster no Dot Esports no dia 19 de março.