Tudo o que sabemos sobre Renata Glasc, possível próxima suporte de League of Legends

Nem todos podem pagar por seu suporte.

Imagem da Riot Games

Os fãs de League of Legends podem ter ouvido rumores de um novo suporte chegando ao jogo no início deste ano. E de acordo com dicas e teasers recentes, a candidata que mais chama a atenção dos fãs é Renata Glasc, empresária e Baronesa da Química.

A primeira vez que a Riot Games deu aos fãs do LoL alguma dica sobre a identidade de Renata foi em setembro de 2021, quando lançou um Mapa de Campeões. Junto com um teaser para uma atiradora eletrizante, que acabou sendo Zeri, a Riot falou sobre um suporte que “controla o jogo”, enfatizando três tópicos principais: dinheiro, tecnologia e poder. 

Em 26 de janeiro, uma unidade de TFT chamada Renata foi extraída de dados do spin-off móvel chinês do TFT, chamado Battle for the Golden Spatula. Acredita-se que ela poderia ser o próximo suporte a chegar ao Rift.

Aqui está tudo o que sabemos sobre Renata até agora.

Renata Glasc, Baronesa da Química

Um site sobre uma indústria química zaunita surgiu em 28 de janeiro, listando Renata Glasc como sua fundadora. “Tornar a Quimtec bela e acessível para todos.” é o lema das Indústrias Glasc, a empresa fundada e dirigida por Renata, uma garota nascida de dois alquimistas brilhantes e generosos. 

Os pais de Renata eram especialistas nas artes da cura, filantropos de Zaun que deram tudo para ajudar os outros. Os dois alquimistas eram tão generosos que muitas vezes não pediam nada em troca de seu trabalho, deixando sua filha passar fome e pobreza desde criança. Infelizmente para eles, seus estudos atraíram a atenção dos líderes dos clãs de elite de Piltover e, em uma noite fatídica, Renata perdeu os pais e o braço. A partir desse momento, ela se dedicou a transformar o pequeno e altruísta sonho de seus pais em algo maior: um império fundado em dinheiro e lealdade. 

Sua história apareceu brevemente na versão em português do Brasil do site do universo do LoL em 28 de janeiro, mas foi retirada do ar. Como muitos outros de Zaun, Renata passou por muitas dificuldades, segundo a página. Mas ela nunca desistiu, tornando-se poderosa e influente graças aos seus “produtos” que a ajudaram a adquirir o título de “Baronesa da Química”. No site das Indústrias Glasc, os fãs do LoL podem aprender sobre a fundadora e a história da empresa, seu lema, valores e objetivos. Mas, acima de tudo, o site menciona as duas linhas de produtos oferecidas pela Renata. 

Captura de tela via Riot Games

A linha de luxo é projetada para atender “seu maior desejo”, enquanto a de difusão se compromete a atender às “necessidades” de quem a compra. Renata quer criar um império baseado em seus produtos e no poder do dinheiro e da lealdade que deriva deles. Se ela conseguiu fazer isso em Piltover e Zaun, quem diria que ela não conseguirá fazer do Rift sua próxima aquisição?

Especulação sobre as habilidades de Renata

Desde setembro de 2021, muitas dicas e informações sobre Renata foram reveladas. Tendo em mente tudo o que sabemos sobre ela até agora, tentamos imaginar quais efeitos suas habilidades poderiam trazer para o Rift, se ela de fato entrar no jogo. 

Em primeiro lugar, ela pode ser classificada como um suporte, mas ela parece ser diferente de qualquer outra que já vimos antes. Ela é a que “manda e desmanda”, ela é a responsável, de acordo com o Mapa de Campeões. E no centro de sua história e objetivo, há uma coisa: dinheiro.

Ela nunca ajuda ninguém “de graça”, e o que os necessitados não podem pagar, “cobra em fidelidade”, segundo sua história. O site das Indústrias Glasc diz que ela é uma empresária, a melhor de Zaun, que vende “criações de produtos exclusivos”. De “soluções de autodefesa” a “tecnologia de membros aprimorados”, se você precisa de uma solução para o seu problema, Renata provavelmente tem. 

Seria plausível pensar que ela poderia ser paga por seus companheiros de equipe para dar a eles itens exclusivos ou até fortalecimentos. Já temos exemplos de campeões do LoL existentes que compartilham dinheiro com seus companheiros de equipe, como Pyke, e outros que podem dar itens exclusivos, como Ornn. 

Captura de tela via Riot Games

Sua história no site das Indústrias Glasc também menciona uma explosão química que liberou fumaça venenosa em Zaun. O incidente teve um efeito profundo na cidade e, naquele momento, as Indústrias Glasc se apresentou oferecendo ferramentas para ajudar todos a respirar adequadamente, gratuitamente. Pode ser possível que Renata tenha uma habilidade que lança gás venenoso, afetando a todos, exceto aqueles que possuem um respirador básico para combatê-lo. Isso explicaria a máscara que ela pode ser vista usando nos vários ícones vazados.

Além disso, para satisfazer suas necessidades e desejos, diz-se que Renata envia “[seu povo] à morte quase certa”, o que poderia estar atrelado a um sistema objetivo de recompensa. E por último, mas não menos importante, outra frase a ser destacada na descrição de Renata é “poder para criar intriga entre os seus inimigos, observar enquanto eles matam aqueles a quem juraram proteger”. Isso é muito mais enigmático do que outras possíveis dicas sobre suas habilidades, já que, a partir de agora, não é possível que os jogadores do LoL matem seus próprios aliados.

Mas enquanto especulamos sobre as habilidades potenciais da Baronesa da Química, ela já está planejando seu próximo passo, então tudo o que podemos fazer é esperar que a Riot nos dê mais informações sobre o que Renata tem em mente para os campeões do Rift.

O artigo original será atualizado à medida que soubermos mais detalhes sobre Renata.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cecilia Ciocchetti no Dot Esports no dia 29 de janeiro.