Riot se prepara para equilibrar Preenchimento Automático e Paridade de Duos após testes produzirem resultados positivos

As medidas de preenchimento automático virão primeiro, seguidas das de duo.

Imagem via Riot Games

Os fãs de League of Legends podem finalmente dizer adeus aos jogadores de preenchimento automático, que lhes custam toneladas de Pontos de Liga, bem, mais ou menos.

O designer líder de jogabilidade do League, Mark “Scruffy” Yetter, atualizou a comunidade sobre os testes do Preenchimento Automático e Paridade de Duo em um post do Dev Corner de hoje. O desenvolvedor explicou que os novos recursos estão funcionando conforme o esperado nas duas regiões de teste, diminuindo significativamente a porcentagem de incompatibilidades.

Os sistemas de Preenchimento Automático e Paridade de Duo foram criados para equilibrar a quantidade de jogadores de preenchimento automático e duo em cada equipe. É frustrante para os jogadores terem vários jogadores preenchidos automaticamente em seu time, forçados a desempenhar um papel em que não têm experiência, enquanto seus oponentes não tem. A Riot criou o sistema de Paridade para combater essa inconsistência e parece estar funcionando.

Antes do sistema de paridade de preenchimento automático, 11,4% das partidas eram desiguais. Desde que o recurso atingiu os servidores ativos na Atualização 10.4, esse número caiu para 0,97%. Embora o tempo da fila tenha aumentado desde nas duas regiões de teste, foi apenas por alguns segundos.

A quantidade de partidas em que as equipes tiveram uma quantidade desigual de duplas também caiu drasticamente. Enquanto a porcentagem era anteriormente de 59%, a Paridade de Duo diminuiu esse número para 21%. Embora a Riot queira aumentar ainda mais a Paridade de Duo, os desenvolvedores correm o risco de prejudicar significativamente o tempo de espera na fila ou criar partidas com MMR desiguais.

A Riot está no processo de implantar o sistema em todas as regiões do mundo. A Paridade de Duo seguirá o exemplo após o lançamento estável do sistema de preenchimento automático.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 06 de março.