O melhor jogador da LCS em cada posição rumo à temporada de 2021

Apresentando os jogadores da LCS da pré-temporada.

Foto via Riot Games

A LCS está vendo mais talento inundando seus portões antes da temporada de 2021 do que em qualquer ponto anterior de sua história.

Rumo à mais nova temporada de League of Legends da América do Norte, há um fluxo constante de jogadores chegando à LCS, prontos para desafiar as superestrelas comprovadas que fizeram seu nome no cenário da NA. 

Mesmo assim, muitos dos jogadores mais fortes da liga em 2021 não são novatos em ascensão ou superestrelas importadas, eles são as atrações principais da América do Norte, todos os quais ganharam suas honras no palco da LCS. Aqui estão nossas escolhas para os melhores jogadores da LCS em cada posição no Summoner’s Rift rumo à temporada de 2021. 

Topo: Licorice

Foto via Riot Games

Mesmo com um influxo de novos talentos de primeira linha chegando ao LCS nesta pré-temporada, principalmente da LEC, o melhor laner do topo da NA na temporada de 2021 ainda é o talento local mais valorizado da região. Ao longo das últimas temporadas com a Cloud9, Licorice foi capaz de se tornar um dos jogadores mais fortes em todo a LCS. 

Agora, com a FlyQuest, ele assumiu um imenso papel de liderança pela primeira vez em sua carreira. O teste definitivo que servirá como o enredo central da temporada de Licorice será definitivamente o quão bem ele é capaz de se adaptar a um novo ambiente. Por muito tempo, ele foi o garoto-propaganda de olhos brilhantes da C9. Agora, ele é um veterano comprovado para liderar uma equipe cheia até a borda de jogadores que jogam o LoL profissional há menos tempo do que ele.

Embora ele ainda seja um jogador de calibre em termos de destreza mecânica e habilidade no jogo, a capacidade de Licorice de liderar pelo exemplo será testada de maneiras que ele nunca estave acostumado antes desta temporada. 

Selva: Blaber

Foto via Riot Games

Assim como o Licorice, Blaber sempre foi visto como uma das perspectivas definidoras da cena norte-americana. A ideia de estar “à frente de seus anos” foi um tema consistente que o guiou nos primeiros anos de sua carreira. Mas agora, entrando em 2021, Blaber tem reputação suficiente em seu currículo para ser considerado um veterano da cena em comparação a muitos de seus colegas. Ele alcançou conquistas suficientes, incluindo um título nacional, uma participação nas semifinais do Mundial entre outras, para ser considerado o melhor em sua posição. 

A única grande diferença para Blaber nesta temporada será que em vez de olhar para muitos dos veteranos da cena como um jovem de olhos brilhantes, ele terá um assento à mesa ao lado de jogadores como Santorin e Svenskeren. Depois de anos defendendo a si mesmo como um dos melhores caçadores do LoL, ele conquistou um lugar no topo.

Meio: Perkz

Foto via Riot Games

O mais novo meio da América do Norte também é o mais forte. E embora haja alguns competidores sérios de outras equipes importantes, como Jensen da Team Liquid e PowerOfEvil da TSM, Perkz ainda se destaca facilmente como um dos jogadores mais talentosos do LoL

Embora Perkz tenha desempenhado amplamente o papel de atirador para a G2 Esports desde o início de 2019, seu retorno à rota meio para a C9 é uma visão bem-vinda para qualquer um que o viu dominar completamente a cena europeia durante a primeira parte de sua presença na G2 de 2015 a 2018. Se houver alguma fonte de dúvida em relação à jogada de Perkz em 2021, ela virá junto com a questão de quão rápido ele pode se livrar da ferrugem. Mas considerando que Perkz desempenhou o papel da rota meio durante a maior parte de sua carreira, bem como mostrou sua flexibilidade mais recentemente, no primeiro semestre passado, não deve haver razão para duvidar de sua versatilidade. Afinal, ele ajudou a trazer o título regional para a G2 na temporada passada, depois de não jogar na posição por mais de um ano. Não há razão para que ele não seja capaz de fazer o mesmo na C9.

ADC: Zven

Foto via Riot Games

Um dos debates mais longos que persistiu em toda a LCS ao longo dos últimos anos envolveu Doublelift e Zven. Mas agora, com o primeiro fora de cogitação depois de anunciar sua aposentadoria neste período de pré-temporada, Zven desliza facilmente para o lugar de principal atirador da NA sem muitas perguntas. Mesmo assim, um desempenho All-Pro no verão passado deve ser certificação o suficiente para que o atirador da C9 esteja no topo de seu jogo. Mas pelo menos agora, não há outra superestrela comprovada para desafiar Zven.

Entretanto, seu lugar no topo não é totalmente seguro. Jogadores novatos como FBI e Tactical estão rapidamente subindo ao topo da LCS. Com melhorias rápidas ao longo de 2020 e um salto repentino para o centro das atenções antes de 2021, muitos dos atiradores mais jovens da LCS poderiam estar fazendo um impulso em direção ao auge da cena ao longo desta temporada.

Enquanto Zven está sozinho no topo por agora, ele certamente será desafiado pela próxima classe de atiradores norte-americanos em 2021. Se houver algum fator determinante em sua temporada, será o quão bem ele se defenderá da pressão recebida da próxima geração de jogadores em sua posição. Nomes como FBI, Tactical, Johnsun e outros podem ser uma pedra em seu sapato conforme a temporada avança. Mas, por enquanto, Zven está bem acima da competição. 

Suporte: CoreJJ

Foto via Riot Games

Enquanto CoreJJ não se incomodou com outros jogadores de suporte na LCS desde que veio para a região em 2019, esta temporada pode realmente ver o veterano de longa data ser desafiado no topo da liga. Com um vice-campeão mundial, SwordArt, juntando-se a TSM e jogadores como Vulcan, Huhi e outros ganhando mais experiência no nível mais alto, CoreJJ pôde ver muitos de seus contemporâneos respirando em seu pescoço até o final de 2021. 

Mas aqui, no início da temporada, o atual suporte da LCS All-Pro e Summer Split MVP ainda está no topo da liga. No verão passado, o CoreJJ foi classificado entre os principais suportes da LCS em quase todas as categorias, incluindo AMA, Ouro por Minuto e Pontuação de Visão, de acordo com o site de estatísticas gol.gg do LoL. E não seria surpreendente vê-lo continuar a atuar no mesmo nível.

Depois de estimular a Liquid com uma sensação de vida renovada, tanto nos palcos nacionais quanto internacionais, o CoreJJ continua sendo um dos ativos mais valiosos do LoL. Além disso, sua experiência como veterano é definitivamente algo em que a Liquid deveria investir, especialmente considerando que ele continuará a trabalhar ao lado do atirador em desenvolvimento da equipe, Tactical, no futuro próximo. 


Siga-nos no  YouTube  para mais notícias e análises de e-sports.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 07 de janeiro.