MAD Lions movimenta as coisas e milagre da PaiN não se concretiza no quinto dia de MSI 2021

O resultado do Grupo B foi decidido relativamente cedo no quinto dia.
Foto via Riot Games

O quinto dia do Mid-Season Invitational 2021 de League of Legends já tinha se resolvido relativamente cedo.

Recommended Videos

Levou apenas alguns jogos para que o levemente desbalanceado Grupo B decidisse quem entre eles avança para a próxima fase do evento. No fim, a MAD Lions e a PSG Talon levaram a melhor no Grupo B, prontas para enfrentar as já confirmadas PentanetGG e Royal Never Give Up na próxima fase.

Mas, mesmo que os jogos de hoje não tenham sido exatamente os mais dramáticos, ainda há muitos motivos para ficar de olho na MAD Lions e na PSG Talon daqui para frente. Confira o que aconteceu no quinto dia do Mid-Season Invitational 2021.

Começo arriscado e final forte para a MAD Lions

Foto via Riot Games

O dia cinco começou complicado para a MAD Lions. Os campeões da LEC perderam um jogo ganho no começo do dia, contra a Istanbul Wildcats, que foi eliminada do campeonato algumas horas depois. Uma derrota para um time que não representava ameaça nenhuma foi um mau sinal para começar o dia da representante da LEC. E, quando o início do segundo jogo da MAD Lions no dia, contra a PaiN Gaming, começou a desandar a favor da PaiN, parecia que um colapso épico aconteceria.

Mas a MAD virou o jogo a seu favor, garantindo uma vaga na próxima fase e derrotando o único time que tinha uma chance, mesmo que remota, de roubar essa vaga.

E, mesmo que seja de conhecimento geral que a ordem do primeiro e segundo colocados de cada grupo não importa muito, o fato de a MAD Lions ainda ter saído no topo do Grupo B quando o dia começou daquele jeito é impressionante. Apesar do sofrimento contra a Istanbul e a PaiN nos primeiros jogos, a MAD se salvou da decepção entregando uma boa virada contra a PSG Talon para encerrar o dia.

A MAD volta ao palco do MSI na sexta-feira, 14 de maio, enfrentando outros times do mais alto nível na próxima fase.

Um Doggo perdido encontra sua casa

Foto via Riot Games

Quando foi anunciado que o PSG Talon teria que jogar sem seu principal atirador Unified no MSI 2021, a perspectiva do time para o campeonato foi por água abaixo. E, quando a PSG começou o campeonato perdendo por 24-5 para a MAD Lions, parecia que o time precisaria aceitar logo a nova realidade e o substituto temporário de Unified, Doggo.

Mas, desde então, o atirador da Beyond Gaming — que foi emprestado para a PSG para este evento — trouxe números monstruosos ao time que é seu rival na PCS. Seu AMA de 11,2 é o quarto entre todos os jogadores do campeonato, segundo o site de estatísticas Games of Legends. Hoje, ele terminou o dia somando 16/2/16 nas três partidas do PSG.

Se Doggo continuar causando esse impacto em seu novo — mesmo que temporário — time, o PSG Talon pode ter mais um jogador decisivo para a próxima fase.

PaiN novamente não consegue avançar

Foto via Riot Games

No começo da segunda rodada de partidas, tínhamos grandes esperanças para a PaiN Gaming. O placar de 1-2 do time na primeira rodada da fase de grupos teve vários momentos positivos, mesmo que tenha acabado com duas derrotas. A virada emocionante na partida de 37 minutos contra a Istanbul Wildcats e o embate contra a MAD Lions fez da PaiN um dos times mais empolgantes do MSI. Se esses momentos mais corajosos tivessem dado mais certo na segunda rodada da fasse de grupos, a PaiN poderia ter ido direto para a próxima fase.

Mas não era para ser. A PaiN perdeu duas das três partidas do dia e acabou em um embate sem muito valor contra a Istanbul Wildcats para encerrar sua participação no MSI 2021.

Para brTT, o MSI 2021 é o quarto evento internacional de sua carreira em que ele não passa da primeira rodada. Hoje aos 30 anos, o veterano do CBLOL estreou internacionalmente no Campeonato Mundial de 2015 e ainda busca um pouco mais de sucesso nos palcos internacionais. Embora seja uma estrela entre os fãs do LoL profissional, especialmente no Brasil, brTT ainda precisa conquistar esse objetivo que o encara há seis anos.

A boa notícia para ele e para a PaiN, no entanto, é que a equipe teve vários momentos promissores nesta passagem pelos palcos internacionais. Se os jogadores mais estabelecidos da PaiN — como brTT, Robo e Tinowns — trabalharem bem na próxima fase do CBLOL, o time pode surpreender no Mundial, que acontece no fim deste ano.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 10 de maio.

related content
Read Article Melhores opções para enfrentar Kai’Sa em League of Legends
Read Article Melhores opções para enfrentar Mundo em League of Legends
Read Article Correção de Swain após alteração na atualização 12.8 do LoL
Read Article Riot testará mudanças ‘muito, muito’ experimentais em Pyke no APT de League of Legends
Read Article LoL volta ao Velho Oeste com novas skins para Katarina, Leona, Mordekaiser, Talon e Varus
Related Content
Read Article Melhores opções para enfrentar Kai’Sa em League of Legends
Read Article Melhores opções para enfrentar Mundo em League of Legends
Read Article Correção de Swain após alteração na atualização 12.8 do LoL
Read Article Riot testará mudanças ‘muito, muito’ experimentais em Pyke no APT de League of Legends
Read Article LoL volta ao Velho Oeste com novas skins para Katarina, Leona, Mordekaiser, Talon e Varus

Author

Jéssica Gubert
Jéssica is a writer, editor, and translator working at GAMURS since 2019, but with a lifelong experience in word games and TV shows. She can also be found at concerts or babbling about board games anywhere.