Riot procura maneiras de refletir assistências que não causam dano na pontuação de combate em VALORANT

Jogadores de Sage finalmente tem algo com que ficar feliz.

Imagem via Riot Games

Alguns fãs de VALORANT podem escolher a contragosto agentes de suporte porque seu desempenho não será refletido em sua pontuação de combate. Isso pode mudar no futuro, de acordo com a Riot.

O Produtor Sênior, Ian Fielding discutiu a pontuação de combate de VALORANT na postagem de hoje no blog. E embora abates sejam o fator mais importante para uma pontuação de combate alta, os desenvolvedores estão “procurando maneiras” de fazer assistências que não causem danos também serem importantes.

Imagem via Riot Games

Já que o desempenho pessoal é uma grande parte de quanto os jogadores aumentam ou diminuem na classificação, muitos preferem duelistas e acumular abates. Mas as sentinelas são um papel muito necessário para uma competição de equipe bem-sucedida, apesar de geralmente atingir pontuações de combate mais baixas. Embora o recurso seja de “longo prazo”, de acordo com Fielding, ajudaria a dar reconhecimento aos agentes de suporte de VALORANT.

Fielding também explicou que a pontuação de combate não se baseia apenas em abates.

“Também levamos em conta o dano causado, o que significa que contamos as assistências em que você ajuda a abater um inimigo, assim como contamos também a utilização de outras fontes de dano.”, disse o desenvolvedor da Riot. “existem mais fatores que ajudam a compor a sua pontuação de combate, como first bloods e sequências.”

O maior determinante nas atualizações de classificação é, em última análise, vitórias e seu teor decisivo.

Artigo publicado originalmente em inglês por Andreas Stavropoulos no Dot Esports no dia 10 de setembro.