Mais de 1.400 contas de Overwatch foram banidas na Coreia do Sul por compartilhamento de conta

Os jogadores sul-coreanos estão acostumados a ver essas listas.

Imagem via Blizzard Entertainment

A Blizzard baniu uma série de contas de Overwatch na Coreia do Sul após o final da 12ª temporada competitiva.

A empresa suspendeu 1.423 usuários por compartilhamento de conta durante a temporada competitiva 12, de acordo com uma publicação no fórum coreano de Overwatch hoje. Um agente de suporte do fórum listou cada Battle Tag que foi banida no servidor, assim como foi feito na 11ª temporada.

https://t.co/1EIR6LJNZ9

O agente de suporte disse que “a Blizzard Entertainment está empenhada em criar um ambiente de jogo justo e positivo para os jogadores”, e lembrou aos jogadores que eles podem denunciar outros nas partidas ou via e-mail se suspeitarem de qualquer tipo de compartilhamento de conta.

O Contrato de Licença de Usuário Final da Blizzard declara que “você não pode compartilhar a Conta ou as Informações de Login com ninguém”, e outra página de suporte lembra aos jogadores que eles são totalmente responsáveis ​​por qualquer atividade que aconteça em sua conta da Blizzard Battle.net “autorizada ou não” pelo dono.

Como nas suspensões anteriores, não está claro se esses banimentos são permanentes. A Blizzard só especifica que essas contas foram suspensas. Ela não diz que tipo de sanções os jogadores enfrentarão, e a empresa não tem uma punição padrão para cada infração. Também é possível que algumas contas na lista de hoje tenham recebido banimentos mais duros do que outras, dependendo do que os jogadores fizeram quando compartilharam suas contas. A Blizzard distribuiu punições que foram proporcionais ao grau da violação no passado.

Esse tipo de informação pública sobre banimentos não é fora do comum para os sul-coreanos. A equipe da Blizzard no país está acostumada a publicar informações sobre seu trabalho contra trapaceiros em intervalos de meses, desde as grandes, como um banimento de 22 mil jogadores em janeiro por trapaça e boosting, como as menores por compartilhamento de contas.