Atualização mais recente do RTP de Overwatch traz mudanças à fila e enfraquece escudos

Cansou de atirar em escudos? Essa é pra você.

Imagem via Blizzard Entertainment

O foco de Overwatch é quebrar barreiras, mas a Blizzard falou sério dessa vez. Depois de quase um mês sem atualizações importantes, a equipe de desenvolvimento de Overwatch lançou uma enorme ao Reino Público de Testes (RTP). Nove heróis recebem mudanças, os escudos ficam mais fracos e as filas competitivas ficam bem mais interessantes.

“Enquanto você espera”

Os jogadores de Overwatch pedem por isso desde sempre. A equipe finalmente realizou o desejo de todos incluindo o “Enquanto você espera”. Agora, durante as filas, os jogadores terão diversas opções para passar o tempo em vez de trocar de janela e ver vídeos.

Em qualquer fila, um grupo pode entrar no Campo de Treino para afiar sua mira; antes, só jogadores solo podiam entrar. Skirmish, uma luta entre todos sem pontuação, ainda está habilitada. E, mais importante, agora é possível entrar em uma partida de Deathmatch ou de qualquer modo personalizado enquanto espera o jogo competitivo começar. Como o tempo de fila chega a 20 minutos para alguns jogadores, é uma mudança necessária.

Queda dos escudos? 

O meta atual, ou pelo menos a composição mais popular, de Overwatch gira em torno de escudos. Orisa, Sigma e Reinhardt são os tanques mais populares por causa de suas habilidades fortes com escudos. Muitos jogadores já expressaram frustração por passarem a maior parte do jogo se concentrando em barreiras e não nos outros jogadores. A equipe de desenvolvimento de Overwatch ouviu o apelo e adicionou mudanças importantes aos heróis de escudo.

Orisa

  • Armadura base aumenta de 200 para 250.
  • Redução de velocidade da Metralhadora de Fusão diminui de 30% para 20%.
  • Vida da Barreira Protetora diminui de 900 para 600.
  • Tempo de recarga da Fortificar diminui de 10 para 8 segundos. 

Apesar de a habilidade Fortificar de Orisa ficar mais forte e ela ganhar armadura, a vida do escudo foi reduzida em um terço. Vai ser mais fácil para Orisa evitar os inimigos com o movimento mais rápido e a melhora em sua proteção, mas os escudos ficam muito mais fracos.

Sigma

  • Vida da Barreira Experimental diminui de 1500 para 900. Regeneração de vida da barreira diminui de 150 para 120 por segundo.
  • Tempo de recarga do Punho Cinético diminui de 13 para 10 segundos.
  • Ganho de dano aos escudos aumenta de 40% para 60%.

O escudo de Sigma é o que recebe a maior redução, 600 de vida. O escudo também se regenera mais lentamente, então será preciso tomar mais cuidado na hora de colocar as barreiras. Para compensar, a habilidade defensiva de Sigma fica mais forte e mais valiosa. Punho Cinético absorve projéteis e os transforma em escudos individuais. Assim como Orisa, a habilidade de sobrevivência de Sigma aumenta às custas de sua habilidade de proteger os outros.

Reinhardt

  • Vida do Campo de Barreira diminui de 2000 para 1600. Redução de velocidade de movimento diminui de 50% para 25%. 
  • Resistência passiva a colisão aumenta de 30% para 50%.

Reinhardt é o único herói de escudo que recebeu mais melhorias que enfraquecimentos na atualização. A vida do escudo diminui bastante, mas sua sobrevivência aumentou exponencialmente. Quando Reinhardt segura seu escudo, sua velocidade é reduzida, mas, com a mudança, esse custo de movimento caiu pela metade. Sua passiva agora permite que ele resista ainda mais à colisão de heróis como Brigitte e Lúcio.

A equipe especificou nas notas de atualização que as mudanças têm como foco “diminuir o tempo que os jogadores passam causando dano a barreiras e melhorar individualmente os heróis em outras áreas”. Em outras palavras, eles também encheram o saco de atirar em escudos o tempo inteiro.

Mudanças a heróis

Outros heróis também recebem mudanças no RTP. De modo geral, a redução de dano a armaduras aumenta de 3 a 5. Essencialmente, isso quer dizer que as armaduras vão ficar um pouco mais fortes do que antes.

Moira

  • Cura do Punho Biótico reduzida de 4 para 3,25 (80 de vida por segundo para 65 de vida por segundo). 

Moira também tem sido essencial no meta dos escudos por causa da cura imensa e de uma suprema, Coalescência, que ignora escudos. A mudança faz com que a cura primária seja menos intensa, incentivando a diversidade na escolha de outros heróis que curem.

D.Va

  • Tempo de recarga de Matriz de Defesa diminui de 2 segundos para 1,5 segundo.

Essa mudança, na verdade, reverte uma mudança feita em uma atualização anterior, que aumentou o tempo de recarga da Matriz de D.Va para diminuir seu poder. Como D.Va anda ausente do meta atual, uma melhoria cairia bem.

Widowmaker

  • Tempo de recarga do Arpéu aumenta de 10 para 12 segundos.

A assassina perde mobilidade, já que o Arpéu, que lhe permite escalar paredes e plataformas atrás do campo de visão perfeito, custa mais.

Torbjörn

  • Tempo de recarga de Sobrecarga diminui de 12 para 10 segundos. 

Os desenvolvedores querem Torbjörn de volta à luta. Depois de diminuir o custo de sua suprema em 10% na atualização passada, agora sua habilidade defensiva pode ser usada com mais frequência. Isso aumenta sua capacidade de sobrevivência e seu dano total.

Genji

  • Munição de Shuriken aumenta de 24 para 30.

Apesar de parecer uma mudança pequena, aumentar a munição primária de Genji permite que ele tente eliminar o inimigo mais três vezes antes do longo tempo de recarga.

Zarya

  • Raio da explosão secundária do Canhão de Partículas aumenta de 2m para 2,5m. Custo de munição também diminui de 25 para 20.

As “granadas” de energia que Zarya pode atirar com o botão direito agora ficam um pouco mais perigosas. Também é possível usar a habilidade com mais frequência devido à redução de custo de energia.

A atualização está disponível no Reino de Testes Público de Overwatch. Ao longo de algumas semanas, os desenvolvedores vão monitorar a utilidade das mudanças e decidir se elas seguem para os servidores principais ou não. Nenhuma delas é garantida. Normalmente, o teste leva duas semanas, então fique de olho no jogo principal logo antes do começo de dezembro.

Artigo publicado originalmente em inglês por Liz Richardson no Dot Esports no dia 13 de novembro.