Ajustes ao tier Mestre de Legends of Runeterra virão na atualização 1.4

Com a Temporada da Fortuna, que chega em breve, a Riot vai melhorar o funcionamento do Mestre.

Imagem via Riot Games

A Riot Games anunciou hoje que haverá grandes mudanças no nível mais alto das ranqueadas de Legends of Runeterra quando a atualização 1.4 for ao ar, em 26 de junho.

Antes apenas uma pequena prévia no anúncio “O que vem por aí em Runeterra”, no fim de maio, as mudanças exatas do tier Mestre trazem mais certeza aos jogadores em relação ao que esperar depois de uma vitória ou derrota. Com as coisas como estão, as classificações atuais dos jogadores do Mestre são feitas com base no MMR exato dos jogadores. A principal desvantagem disso é que, ao entrar na fila para jogar, não se sabe quanto é possível ganhar ou perder em uma mesma partida. Além disso, as derrotas costumam punir muito mais do que se ganha com as vitórias.

Outro ponto negativo do sistema atual é que os jogadores que chegaram antes à colocação podem ficar estagnados no topo, mesmo jogando poucas partidas. Tudo isso fazia com que ficasse mais e mais difícil alcançar as posições mais altas.

Com o novo sistema, será preciso ver a quantidade de PdL do Mestre que se tem para descobrir sua colocação exata. Ao entrar no Mestre pela primeira vez, os jogadores recebem “uma quantidade de PdL inicial com base na posição do seu MMR em relação a outros jogadores nesse tier”, segundo a Riot. Ao alcançar o Mestre, os ganhos e perdas de PdL serão determinados por uma combinação de fatores: seu MMR, o MMR do oponente e quantos PdL você tem em comparação a outros jogadores do Mestre. Os valores vão de 15 a 25 PdL, o que permite que os jogadores entendam melhor quanto podem esperar ganhar ou perder por vez ao entrar em partidas.

As melhorias ao tier Mestre e outras novidades chegam a LoR com a atualização 1.4, em 26 de junho.

Artigo publicado originalmente em inglês por Dylan Ladd no Dot Esports no dia 19 de junho.