Teemo pode receber mudanças na atualização 9.18 do LoL

O Yordle mais odiado pode receber pequenas mudanças que facilitam seu uso.

Os desenvolvedores de League of Legends revelaram aquela que pode ser a mudança mais polêmica ao Summoner’s Rift depois da chegada de Yasuo: fortalecer Teemo.

O diretor de design do LoL, Andrei “Meddler” van Roon, publicou hoje uma atualização no cantinho dos desenvolvedores, explicando que a atualização 9.18 vai trazer mudanças necessárias ao Yordle dos cogumelos.

Imagem via Riot Games

“O foco aqui, porém, é mais na usabilidade/clareza e em corrigir alguns pontos de frustração desnecessária do que em tentar refazer seus pontos fortes e fracos”, disse Meddler.

A atualização pode deixar os fãs de Teemo felizes, mas certamente não vai agradar outros jogadores da rota do topo. Três das habilidades de Teemo receberão melhorias de qualidade de vida e de seu poder de escoteiro.

  • Dardo Ofuscante (Q): A tela de inimigos cegos agora é levemente esverdeada, para evidenciar que estão cegos.
  • Mover Depressa (W): Agora o tempo restante do bônus fica mais evidente.
  • Armadilha Venenosa (R): 
    • Agora os cogumelos conferem mais frequentemente se há inimigos próximos.
    • Cogumelos não detonam mais em Aronguejos que não estiverem em combate.
    • Os cogumelos podem saltar mais vezes por cima de outros, permitindo que sejam arremessados mais longe.
    • Quantidade máxima que pode ser carregada agora é de 3/4/5, aumentando um pouco a relevância no fim do jogo.

As mudanças à ultimate de Teemo são melhorias enormes. Os cogumelos do Yordle agora ficam mais intuitivos, melhorando o controle que ele tem, porque podem ir mais longe.

A atualização do desenvolvedor também incluiu algumas opiniões sobre os problemas de balanceamento da atualização 9.17.

Para ser mais eficiente na selva, Pantheon recebeu uma melhoria que remove a redução de dano a tropas em seu E. A atualização também deixou o Q dele mais forte, permitindo que a lança execute inimigos. Meddler sente que as mudanças fizeram Panth “ter uma performance sólida”, mas promete ficar de olho no Deus da Guerra caso a Riot deixe ele forte demais.

Meddler também ficou feliz com as melhorias em Ryze, e disse que sua porcentagem de vitórias em partidas solo está em um ponto saudável.

O diretor de design falou até sobre os problemas da IA de Teamfight Tactics, que faziam algumas unidades congelarem no meio do combate. O erro provavelmente tem a ver com o caminho de unidades que atacam de perto, já que ficam paradas se o caminho até o inimigo estiver bloqueado. Apesar de não ter sido implementada nenhuma solução, é uma “prioridade” para o futuro.

Como sempre, Meddler avisou que as atualizações dos desenvolvedores não são sempre “garantidas” no jogo.

Artigo publicado originalmente por Andreas Stavropoulos em inglês no Dot Esports no dia 30 de agosto.