T1 encerra contrato com Clid

Qual será seu próximo destino?

Foto via Riot Games

A T1 anunciou hoje que está se despedindo de Kim “Clid” Tae-min, jogador da selva do time de League of Legends.

A organização anunciou ontem que o técnico Kim “kkOma” Jeong-gyun e os jogadores Kim “Khan” Dong-ha, da rota superior, e Clid sairiam, mas os fãs esperavam que o astro voltasse ao time. Ele foi essencial no sucesso da T1 ao longo do ano, levando seus companheiros de equipe ao primeiro lugar na temporada de verão da LCK.

Apesar de, no geral, o time ter deixado a desejar no Mundial, Clid se destacou. Dominando a parte superior da selva e fazendo pressão nas rotas, ele deu vantagem à T1 na fase de grupos, levando a melhor sobre Mads “Broxah” Brock-Pedersen, da Fnatic, e Hung “Karsa” Hao-Hsuan, da Royal Never Give Up.

Depois, a T1 passou pela Splyce nas quartas-de-final e enfrentou a europeia G2 Esports na semifinal. Apesar de a G2 ter sido o melhor time, vencendo a T1 em quatro partidas, a culpa não foi de Clid. Várias vezes, ele levava a melhor sobre o rival Marcin “Jankos” Jankowski, dando vantagem para Khan na rota superior.

Não se sabe de que time Clid vai participar agora, mas a promessa de muito dinheiro na LPL será tentadora. A Invictus Gaming, campeã anterior, precisa de um novo jogador na selva, e Clid seria perfeito. Se ele decidir ficar mais perto de casa, porém, teria times como KT Rolster, onde atuaria junto com o atirador Kim “Deft” Hyuk-kyu, ou Gen.G como boas opções.

Artigo publicado originalmente em inglês por Jerome Heath no Dot Esports no dia 20 de novembro.