Riot detalha o processo de tomada de decisão por trás da escolha de campeões para receberem uma skin lendária no LoL

Há mais skins lendárias chegando no horizonte em 2021.

Imagem via Riot Games

O desenvolvedor de League of Legends, Cody “Codebear” Germain, discutiu o processo de tomada de decisão da empresa por trás do desenvolvimento de skins lendárias no blog “Pergunte à Riot” de hoje.

“Skins Lendárias levam um pouco mais de tempo para desenvolver do que as Épicas, então costumamos priorizar os Campeões mais populares.”, disse a Riot.

Para referência, as últimas skins lendárias lançadas no jogo pertenceram a Lee Sin, Senna e Lux. Esses campeões receberam suas skins Dragão da Tormenta, Velho Oeste e Cósmica, respectivamente, recentemente. 

A Riot também disse que prioriza a diversidade no catálogo de skins de um campeão.

“procuramos evitar que um Campeão receba sempre skins de ficção científica, por exemplo”, disse Riot. “Algumas sobreposições são aceitáveis, mas tentamos proporcionar opções diversas.”

Um campeão como Ezreal, que tem 10 skins em seu nome, vê alguma sobreposição entre suas skins Pulsefire e PsyOps, que foram consideradas skins “ultimate” e “épica”, respectivamente. Mas com tantas opções para escolher, os jogadores de um campeão específico como esse ainda devem estar satisfeitos.  

Além disso, a Riot disse que o cronograma de lançamento da skin de um campeão é um fator determinante.

“Caso o Campeão pareça um bom candidato, mas esteja prestes a receber uma skin naquele mesmo período, provavelmente optaremos por outro”, disse a Riot.

O próximo conjunto de skin lendária a ser lançada no LoL é Caitlyn Academia de Batalha. Está programada para chegar aos servidores ativos em um futuro próximo. 


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 11 de março.