Ressurreição de Aatrox foi removida no PBE do LoL

A Riot vem pensando nisso desde a atualização 9.12.

Imagem via Riot Games

A ressurreição de Aatrox tem sido uma mecânica-chave desde que foi criada, em 2013. A Riot Games, porém, removeu a ressurreição da ultimate do campeão no PBE, o servidor de testes de League of Legends.

A maior parte das mudanças a Aatrox no PBE foi aplicada a sua ultimate, Aniquilador de Mundos, que teve outros ajustes além da remoção da ressurreição. O tempo de recarga foi reduzido em 20 segundos por nível da habilidade, passando de 140/120/100 para 120/100/80. A amplificação de cura de Aniquilador de Mundos aumentou, passando de 40/55/70% para 50/60/70% de cura.

Imagem via Riot Games

As mudanças deixam a ultimate bem forte nos estágios iniciais do jogo, além de facilitar o uso dela devido ao tempo de recarga mais baixo. O porém é não haver mais a possibilidade de ressurreição caso você elimine um inimigo.

As reações a essa decisão foram mistas na comunidade do LoL, e muitos disseram ser um passo na direção errada. A ressurreição era uma marca da identidade de Aatrox como campeão e tornava a ultimate relativamente diferente das outras. Removendo essa mecânica, ela só amplifica o dano de ataque e roubo de vida, o que não é tão interessante assim.

É claro, as mudanças podem nem chegar aos servidores principais, especialmente considerando que a Riot pensa em remover a ressurreição de Aatrox desde a atualização 9.12.

Artigo publicado originalmente por Tyler Esguerra em inglês no Dot Esports no dia 10 de julho.