Os campeões mais jogados no cenário profissional de League of Legends em 2020

Esses seis campeões simplesmente dominaram o meta este ano.

Imagem via Riot Games

League of Legends viu seu meta profissional mudar inúmeras vezes ao longo de 2020. Diferentes campeões surgiram e ganharam destaque em vários momentos ao longo do ano, trazendo variação e inovação a cada passo.

Mas alguns campeões simplesmente permaneceram firmes durante toda a temporada. Todos os personagens mais proeminentes do jogo tiveram influência sobre o meta competitivo desde o dia de abertura até o Campeonato Mundial. E quando a cortina caiu sobre este ano sem precedentes de jogo profissional, o meta parecia ser mais flexível e versátil do que nunca. 

Eles são os campeões mais influentes da temporada do LoL profissional de 2020, classificados por cada uma das posições do jogo. 

Topo: Ornn

Imagem via Riot Games

Ao longo da temporada competitiva de 2020, Ornn se estabeleceu como uma escolha incrivelmente proeminente no meta do jogo. Como o principal tanque de rota do LoL, o campeão ficou por ali o ano todo. 

Ornn apareceu em 64 por cento de todas as seleções de campeão em 2020, mais do que todos os campeões do topo, de acordo com o website de estatísticas do LoL, gol.gg. Além da fase de banimento, Ornn foi escolhido 1.909 vezes, tornando-o o campeão do topo mais escolhido no cenário profissional. Enquanto outros campeões com maiores taxas de escolha ao longo da temporada, como Volibear e Sett, tiveram seus momentos brilhantes na rota topo, Ornn se destacou como o personagem mais dedicado do jogo quando se tratava da posição. 

Na verdade, Ornn serviu verdadeiramente como um suporte para a temporada de 2020. Com uma presença de escolha / banimento de 74 por cento em todas as regiões durante o Spring Split e uma taxa de escolha / banimento de 91 por cento no Campeonato Mundial, é claro que o campeão se destacou como um dos personagens mais proeminentes na lista durante o início e fases posteriores do ano. 

Selva: Lee Sin

Imagem via Riot Games

É difícil pensar em um campeão que seja mais confiável para jogadores de uma determinada função do que Lee Sin para os caçadores. O campeão mostrou uma taxa global de escolha e banimento de pelo menos 15% em seis das últimas sete temporadas, praticamente fazendo dele uma das escolhas mais históricas do jogo. Mas em 2020, Lee Sin alcançou um novo nível, algo que o personagem não via há vários anos.

Este ano, Lee Sin acabou sendo visto em 42 por cento de todos os campeões selecionados, de acordo com gol.gg, a maior presença do personagem em uma determinada temporada desde sua marca de 70 por cento em 2014. Com 1.607 escolhas em todo o mundo em 2020, Lee Sin emergiu como o caçador mais contestado do jogo por uma ampla margem. As duas escolhas seguintes, Trundle e Graves, chegaram a 400 e 600 jogos a menos do que Lee Sin neste ano, respectivamente. 

Mas só porque Lee foi uma escolha proeminente em 2020 não significa necessariamente que ele foi uma boa escolha. A taxa de vitórias de Lee Sin em 2020 foi extremamente baixa em um nível competitivo. Sua taxa de vitórias / derrotas de 48% foi uma das mais baixas entre todos os campeões de “primeira linha” do jogo. 

Meio: Syndra

Imagem via Riot Games

Em um ano em que os tradicionais magos de controle voltaram ao topo do meta no meio, nenhum teve um papel mais significativo do que Syndra. Um dos Campeões mais históricos do LoL continuou a ser predominante em 2020. Ela terminou o ano com uma taxa de escolha / banimento global de 60 por cento, a quarta maior entre todos os campeões do jogo, de acordo com o gol.gg.

Em termos de seu domínio de rota, Syndra superou seus contemporâneos, ou seja, Azir, Zoe e LeBlanc. Com 1.249 escolhas e 2.318 banimentos em 2020, Syndra foi a campeã mais escolhida e banida em sua posição, uma ocorrência rara no jogo profissional, especialmente durante uma temporada inteira. 

Atirador: Aphelios

Imagem via Riot Games

Vários atiradores, como Ezreal, Kalista e Ashe, alcançaram os mais altos escalões do LoL profissional em 2020. Mas nenhum personagem dominou o papel como Aphelios. Desde o início da temporada, Aphelios se estabeleceu como uma das escolhas principais do jogo, apesar de estar nos servidores ativos apenas várias semanas antes da temporada de 2020. 

Durante o Spring Split, Aphelios teve uma taxa global de escolha / banimento de 86 por cento, a mais alta de todo o jogo, sem falar na função de atirador. E apesar de receber vários enfraquecimentos ao longo de 2020, Aphelios ainda foi uma escolha relativamente importante até o final da temporada. 

Sua presença de longo alcance durante os primeiros estágios do ano deu ao campeão uma almofada suficiente para permanecer uma das escolhas mais disputadas da temporada até o final. No momento em que a temporada chegou ao fim, Aphelios terminou 2020 com uma taxa de escolha / banimento de 64 por cento, e apareceu em exatamente 2.000 jogos em todo o mundo, de acordo com o gol.gg

Suporte: Nautilus

Imagem via Riot Games

Em 2020, a função de suporte girava principalmente em torno de tanques que poderiam se manter duráveis. Enquanto campeões clássicos como Braum, Leona e Thresh tiveram seus momentos sob os holofotes, nenhum personagem se destacou mais do que Nautilus.

O principal tanque da rota inferior do LoL terminou a temporada competitiva com 2.072 escolhas este ano, de acordo com o gol.gg, obtendo facilmente o máximo em todo o jogo. Além disso, o Nautilus terminou com quase 400 escolhas a mais do que o próximo campeão puramente suporte, Thresh. 

E embora a presença crua de escolha / banimento de Nautilus não fosse tão alta quanto campeões como Thresh ou Sett, ainda é notavelmente óbvio que com bem mais de 2.000 escolhas em uma única temporada, Nautilus controlou o meta global do início ao fim. Quando outros campeões poderiam ter sido tirados dos holofotes graças a banimentos ou mudança de funções, o Nautilus surgiu como uma opção confiável para jogadores de suporte em todo o mundo em 2020. 

Menção honrosa: Sett

Imagem via Riot Games

É uma tarefa impossível encaixar Sett em uma função, principalmente por causa da influência que ele teve sobre a totalidade do Summoner’s Rift ao longo de 2020. Com uma presença de escolha/ banimento de 72 por cento durante toda a temporada, de acordo com o gol.gg, O Chefe era facilmente o personagem mais popular na cena competitiva. Além disso, com 2.376 banimentos em todo o mundo em 2020, Sett foi de longe o campeão mais banido do elenco no jogo profissional. 

Logo atrás de alguns outros campeões, Sett foi o quarto campeão mais escolhido no LoL profissional durante a temporada de 2020. Mas o que é mais impressionante sobre a exibição do campeão é que Sett foi jogado pelo menos 100 vezes em todo o mundo em quatro das cinco funções do jogo. Sua função mais usada foi a rota topo, onde viu 921 escolhas, mas ele ainda recebeu 17 usos como atirador ao longo da temporada também.

Em uma temporada que viu elementos de versatilidade e flexibilidade brilharem quando se tratava de construir composições de equipes, nenhum campeão no LoL profissional foi mais eficaz do que Sett. 


Siga-nos no  YouTube  para mais notícias e análises de e-sports.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 21 de dezembro.