Mike Yeung deixa TSM e está livre para negociar novos contratos

Onde Mike Yeung vai parar?

Foto via Riot Games

Depois de uma temporada conturbada em 2018, o caçador Mike Yeung disse que deixou a TSM.

“Ei, eu provavelmente vou procurar por um novo time para entrar em 2019”, Yeung disse em sua publicação de despedida no subreddit da TSM. “Sinto muito por deixar vocês na mão este ano. Tenho muitos arrependimentos e espero que vocês me desculpem, mas eu ainda assim estou muito feliz pelas ótimas lembranças que criei na TSM.”

Veja também: Zikz nomeou o novo treinador da TSM

Como ele ainda é um jogador da TSM, de acordo com o banco de dados de contratos globais da Riot Games, Yeung não poderá assinar um contrato oficialmente com uma nova equipe até 19 de novembro, quando seu contrato atual vence.  

Yeung primeiro se juntou à TSM antes da temporada de 2018 como parte da maior reconstrução de elenco da equipe. Além de Yeung, a TSM adquiriu a famosa dupla de jogadores da rota inferior da G2 Esports com o atirador Jesper “Zven” Svenningsen e o suporte Alfonso “Mithy” Aguirre Rodríguez, com o ex-treinador da Immortals Kim “SSONG” Sang-soo liderando a equipe.

Apesar de ter entrado na temporada de 2018 com muita empolgação, a TSM teve dificuldades de se sair bem e terminou o Spring Split empatada em quinto lugar, a pior colocação da história da organização. Após um desastroso Spring Split, a TSM transferiu Yeung para sua equipe Academy, com Jonathan “Grig” Armao ocupando seu lugar no elenco da LCS. Yeung permaneceu no elenco da TSM Academy até o fim de 2018.

Com a saída de Yeung, a equipe Academy da organização agora não tem um caçador. Ainda não está claro se Grig permanecerá como caçador inicial da TSM ou se ele será transferido para a equipe da Academy com outro jogador ocupando seu lugar no elenco principal.

Agora que a temporada 2018 de LoL terminou após a vitória da Invictus Gaming no Mundial, mais transferências devem ser anunciadas em todo o cenário competitivo.