Goku, do Flamengo Esports, sobrevive a acidente de carro que matou seu pai

Aparentemente, o acidente foi causado por outro motorista.

Foto via Riot Games Brasil

O pai de Bruno “Goku” Miyaguchi, jogador profissional do time de League of Legends Flamengo Esports, morreu em um acidente de carro na noite de ontem. Goku sobreviveu ao acidente com escoriações leves.

O acidente teria sido causado por Flávio Souza de Oliveira, de 44 anos, segundo boletim de ocorrência. O motorista estaria em um caminhão de carga tentando ultrapassar dois outros caminhões em um trecho de ultrapassagem proibida. Ele acabou forçando Goku a pisar no freio.

Ao frear, Goku perdeu controle do carro e bateu no lado direito do caminhão. Seu pai, Nelson Chidi, de 49 anos, estava no banco do passageiro. Com a colisão, Nelson morreu no local. Goku sofreu escoriações leves e foi resgatado após o acidente.

“É com muito pesar que prestamos nossas condolências ao atleta Goku pela perda de seu pai”, disse o Flamengo no Twitter. “O Flamengo estará à disposição para dar toda assistência que o jogador precisar neste momento. Nossos mais sinceros sentimentos à família. Força, Goku.”

O motorista do caminhão, por outro lado, não se machucou. Ele passou pelo bafômetro, procedimento adotado sempre que um acidente resulta em morte, mas o resultado foi negativo. Então, foi levado à delegacia local para prestar depoimento.

Goku agradeceu à comunidade pelo apoio que tem recebido no Twitter. O jogador disse que ficará offline pelos próximos dias para se recuperar e cuidar da mãe.

Artigo publicado originalmente por Leonardo Biazzi em inglês no Dot Esports no dia 18 de outubro.