Forgot password
Enter the email address you used when you joined and we'll send you instructions to reset your password.
If you used Apple or Google to create your account, this process will create a password for your existing account.
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.
Reset password instructions sent. If you have an account with us, you will receive an email within a few minutes.
Something went wrong. Try again or contact support if the problem persists.
Foto via Riot Games

DAMWON Gaming derrota a Suning em final emocionante do Mundial 2020 — é o primeiro título da Coreia em 3 anos

A LCK volta ao topo.

Naquela que pode ter sido uma das melhores finais de um Campeonato Mundial de League of Legends de todos os tempos, se não a melhor, a DAMWON Gaming levou a melhor sobre a Suning com um placar de 3-1. 

Recommended Videos

Antes da série, não acontecia nenhum confronto entre um time coreano e um time chinês na final do Mundial desde 2014. Além disso, os representantes da LCK não venciam o Mundial desde 2017, quando a Samsung Galaxy levantou a Copa do Invocador.

Isso foi, no caso, até hoje, quando a DWG garantiu a vitória contra uma Suning surpreendentemente difícil de derrotar, que jogou as quatro partidas da série com habilidade e dedicação.

O tom da série foi ditado logo no começo. A Suning exibiu escolhas nada convencionais, como Wukong, Fiora e Rengar, como complemento a um estilo de jogo agressivo, com foco nas lutas em equipe. Enquanto a DWG insistia na vitória através de estratégias concentradas em objetivos de mapa, a Suning deixou claro que levaria os oponentes à luta.

E, em vários momentos da série, isso funcionou muito bem para o terceiro time da LPL. Jogadores como SofM e Bin, sendo este o primeiro a fazer um pentakill no palco da final de um Mundial, conseguiram se destacar na Suning pela abordagem mais agressiva do time. Mas, mesmo assim, o controle de mapa da DWG na série foi demais para a Suning. No primeiro jogo do dia, a DWG levou a melhor sobre a Suning em um embate de 45 minutos — o jogo mais longo do campeonato — com três barões e seis dragões (incluindo dois anciões) distribuídos entre os dois times.

No entanto, mesmo que os dois times tenham igualado as coisas no início da série, cada um garantindo uma vitória, a DWG assumiu o controle nas partidas seguintes. Nos jogos três e quatro, os campeões da LCK usaram uma combinação letal de precisão e mecânicas metódicas, resultando em duas vitórias decisivas para encerrar a série, o campeonato e a temporada.

Ao longo da série, a DWG teve contribuições importantes de jogadores como Ghost e Nuguri para mudar o estilo de jogo e priorizar as lutas em equipe — uma resposta à agressividade da Suning.

Usando a própria estratégia contra eles, a DWG pôs à prova as habilidades de luta em equipe da Suning na última partida do dia, que acabou com placar de abates de 24-7. 

Com o resultado de hoje, a DWG alcançou o auge do League of Legends competitivo e, ao mesmo tempo, levou a LCK de volta ao topo do mundo profissional. O campeonato 2020 é o primeiro título coreano em três anos, e o sexto total.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 31 de outubro.

Author
Image of Jéssica Gubert
Jéssica Gubert
Jéssica is a writer, editor, and translator working at GAMURS since 2019, but with a lifelong experience in word games and TV shows. She can also be found at concerts or babbling about board games anywhere.