Classificando todos os nove episódios da primeira temporada de Arcane

A primeira temporada de Arcane apresentou alguns dos episódios mais meticulosamente elaborados da história da TV animada.
Imagem via Riot Games

A primeira temporada de Arcane chegou ao fim e, embora leve algum tempo até que possamos colocar as mãos na segunda temporada, a Riot Games confirmou que o próximo capítulo da série está atualmente em produção. 

O programa de League of Legends depende quase inteiramente de sua animação de alto nível para transmitir sua história, o que é vantajoso considerando que Arcane é um dos programas de televisão de animação visualmente mais impressionantes. Desde o seu início estridente até o seu final devastador, Arcane combina perfeitamente elementos de beleza, brutalidade e de partir o coração.

A primeira temporada de Arcane é carregada de ponta a ponta com alguns episódios quase perfeitos, muitos dos quais podem ser considerados pepitas de entretenimento, mesmo sem o contexto maior do show. Aqui estão todos os nove episódios da primeira temporada de Arcane, classificados. 

 

9) “Alguns mistérios não devem ser desvendados” (Episódio dois) 

Nosso primeiro vislumbre do funcionamento interno de Piltover teve um início lento, com muito mais coisas sendo feitas em vez de mostradas. Nossas introduções a personagens como Heimerdinger, Jayce e todos os membros do Conselho de Piltover são repletas de exposições prolixas que não necessariamente correspondem ao enredo cheio de ação de Zaun.

8) “Quando as paredes desabam” (Episódio seis)

A maior falha do episódio seis está em seu desejo de pular constantemente entre as tramas. Com tantas histórias de personagens fragmentadas nesta fase da temporada, um pouco de pulos era inevitável, mas o episódio seis às vezes exagera. Quando Jinx e Vi lutam juntas contra os Fogolumes nos momentos finais do episódio, é uma cena satisfatória, mas não o suficiente para carregar um dos episódios mais fracos de Arcane.

7) “O monstro que você criou” (episódio nove)

Se há alguma reclamação a respeito do final de Arcane, é o enorme suspense com que a primeira temporada do show terminou. Ao longo de todos os três atos, era difícil não pensar que a temporada amarraria todas as suas pontas soltas antes de chegar ao fim. Então, quando uma bomba, literalmente, é lançada sobre a série durante os momentos finais da primeira temporada, é difícil não prender a respiração e se sentir um pouco decepcionado.

6) “Todos querem ser meus inimigos” (episódio cinco)

Se você está assistindo Arcane por sua intriga política, este episódio é para você. Ele não apenas mostra a política de Piltover (e de Runeterra como um todo), mas finalmente temos a chance de ver, por completo, quem está interpretando quem, quem está fazendo mais traições e quais personagens são realmente alinhados uns com os outros. 

5) “Entrando na brincadeira” (Episódio um)

Arcane salta direto para a parte que interessa de sua história imediatamente, com a estreia da série sem fazer rodeios quando se trata de seus personagens, história de fundo e técnicas de construção de mundo. Desde o início, Arcane deixa sua marca, te agarra e não se deixa soltar. 

4) “Água e Óleo” (Episódio oito)

O penúltimo episódio de Arcane na primeira temporada mostra mundos colidindo de uma forma extremamente intrincada, com Vi ficando cara a cara com o Conselho de Piltover. O enredo A e o enredo B se unem nesse episódio e a recompensa é incrível. Além disso, a sequência da luta clímax onde finalmente conseguimos ver Vi usar suas manoplas e Jayce usar o Martelo de Mercúrio é um dos destaques da série. 

3) “A violência é essencial para a mudança” (Episódio três)

O primeiro ato de Arcane é acirradamente o mais fraco dos três, mas o ferrão final em que o terceiro episódio termina é sobrenatural. Os momentos finais do episódio três sinalizam uma mudança tonal clara para Arcane, um que simboliza o “ponto sem volta” da história. Ver um episódio tão sombrio tão cedo no show não deveria ser uma surpresa, especialmente quando os elementos temáticos pesados ​​dos dois primeiros episódios são levados em consideração. 

2) “Feliz Dia do Progresso!” (Episódio quatro)

Depois de aprender quase exclusivamente sobre Zaun e sua política subjacente no primeiro ato de Arcane, o primeiro episódio do segundo ato mergulha em Piltover e no que o faz funcionar. O segundo ato do show apresenta um salto no tempo, com os efeitos de Powder (agora conhecida como Jinx) e a precipitação de Vi em toda a série. A maneira como Arcane praticamente introduz um show inteiramente novo e fornece contexto sobre o que aconteceu durante o tempo que passou ao longo dos seis episódios finais é brilhante.

“Feliz Dia do Progresso!” começa com um tiroteio explosivo em uma aeronave de Piltover, dando ao público o primeiro gostinho real do conflito entre Piltover e Zaun que irá conduzir o resto da série. Eventualmente, termina com Caitlyn visitando Vi em Aguamansa, um símbolo da conexão entre as duas cidades e como sua união e aliança podem ser benéficas na resolução de sua rivalidade de longa data. 

1) “O Garoto Salvador” (Episódio sete)

O sétimo episódio da primeira temporada é facilmente o mais forte entre os nove, com praticamente todas as cenas ainda capturando a essência de Arcane. Se você pudesse enquadrar um episódio de TV de 40 minutos e pendurá-lo na parede, esta seria nossa primeira escolha. “O Garoto Salvador” não é apenas bonito do início ao fim, seu enredo pode se sustentar em suas próprias pernas melhor do que qualquer episódio na primeira temporada da série. 

A história de Arcane chega ao clímax no início do terceiro ato, com praticamente todos os personagens chegando a uma grande encruzilhada em suas próprias histórias pessoais. Da decisão de Viktor de abraçar a “evolução gloriosa” à decisão de Ekko de unir forças com Caitlyn e Vi depois de anos escondidos, cada personagem em Arcane enfrenta a música no episódio sete. Além disso, a cena de luta entre Jinx e Ekko é facilmente a sequência mais animada da série, e não chega nem perto. 


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 22 de novembro.

related content
Read Article Melhores opções para enfrentar Kai’Sa em League of Legends
Read Article Melhores opções para enfrentar Mundo em League of Legends
Read Article Correção de Swain após alteração na atualização 12.8 do LoL
Related Content
Read Article Melhores opções para enfrentar Kai’Sa em League of Legends
Read Article Melhores opções para enfrentar Mundo em League of Legends
Read Article Correção de Swain após alteração na atualização 12.8 do LoL
Author
Raul Rocha
Freelance writer for Dot Esports. Playing video games since childhood, Raul Rocha has over twenty years experience as a gamer and four years translating and writing gaming news.