A batalha interna de Lux entre a escuridão e a luz é destaque no novo conto da Riot

Luz cósmica ou escuridão eterna?

Imagem via Riot Games

Lux teve vários conflitos internos entre o bem e o mal, não importa em que universo ela se encontre. Desta vez, ela deve decidir se quer seguir seu dever pela luz ou se vai se entregar à escuridão em um novo conto baseado na tradição das skins cósmicas de League of Legends.

Ao longo da história, Lux é constantemente tentada por Thresh, um fiel servo daquela que tudo consome, Estrela Negra, para aceitar a escuridão dentro dela. As palavras do guardião das correntes celestiais ecoaram na mente da Dama da Luz, mesmo quando ela estava na presença de Ashe, a rainha do cosmos.

Imagem via Riot Games

Durante uma reunião com a Corte Cósmica, Ashe discute as maneiras pelas quais eles poderiam parar Thresh e o resto dos servos da Estrela Negra antes que eles destruíssem mais vidas dentro do universo sempre em expansão. Ela chegou à conclusão de que Lux era a chave para impedir que esses monstros tirassem inúmeras vidas. O domínio da luz estelar de Lux e seu poder para prender constelações faziam dela a única capaz de impedir essa ameaça antes que fosse tarde.

Mas Ashe e os outros defensores cósmicos não sabiam nada das sombras que lentamente envolviam o coração de Lux. Ela continuou a dançar com os pensamentos do mal que nublavam sua mente, mas agora ela deve escolher: permanecerá fiel à luz ou renunciará sua alma às trevas?

Imagem via Riot Games

Essa escolha também se reflete no novo evento Galáxias que foi ao ar ontem no cliente de League. Os jogadores podem escolher qual lado eles querem representar em Summoners Rift, seguindo o dever ou as ambições.

Qualquer que seja o lado vencedor, será como a história de Lux termina. O destino do universo de League está em suas mãos.

Artigo publicado originalmente em inglês por Tyler Esguerra no Dot Esports no dia 26 de março.