CD Projekt Red estaria sob investigação pelo lançamento de Cyberpunk 2077

Os erros da desenvolvedora no lançamento de Cyberpunk 2077 podem custar mais que sua reputação.

Imagem via CD Projekt Red

A CD Projekt Red, desenvolvedora do recém-lançado Cyberpunk 2077, estaria sob investigação pelo Serviço de Proteção ao Consumidor da Polônia, segundo o jornal polonês Dziennik Gazeta Prawna.

O órgão oficial de proteção do consumidor na Polônia estaria conduzindo uma investigação, com o objetivo de determinar se a desenvolvedora enganou os consumidores em relação ao desempenho do jogo na geração passada de consoles. A investigação também vai avaliar o que a CD Projekt Red tem tentado fazer para remediar os vários problemas no jogo e sua resposta aos clientes insatisfeitos.

No relatório divulgado, a DGP cita a opinião de um advogado polonês, que lista possíveis punições que a desenvolvedora poderia enfrentar. Entre elas, estão uma multa equivalente a 10% dos lucros do jogo, reembolsos obrigatórios por lei ou um pacote com conteúdo digital gratuito e “presentes” para os que tiverem comprado o jogo para PS4 e Xbox One.

O jogo foi lançado em novembro de 2020, após diversos atrasos, mas ainda com excesso de erros nos consoles atuais e no PC e considerado impossível de jogar nos consoles da geração passada. Aqueles que compraram o jogo para consoles da geração passada receberam reembolsos da Microsoft, Sony e CD Projekt Red. A Sony até tirou o jogo da loja do PlayStation.

Apesar dos problemas, o jogo ainda vendeu mais de 13 milhões de cópias, levando em consideração as devoluções. Mesmo assim, a reputação da empresa foi afetada negativamente e pode ser que ela perca ainda mais, a depender dos resultados desta investigação.

Artigo publicado originalmente em inglês por Scott Robertson no Dot Esports no dia 11 de janeiro.