Valve e ESL adiam ESL One Los Angeles Major por causa do coronavírus e da nova suspensão de viagens à Europa

Mais um.

Imagem via ESL

Apenas algumas horas depois de a ESL considerar não ter plateia no próximo Major de Dota 2, tanto a organização do torneio quanto a Valve confirmaram que a ESL One Los Angeles tinha sido adiada.

Os times e jogadores já foram informados da decisão, que foi tomada como consequência direta da suspensão de viagens decretada pelo presidente Donald Trump entre a Europa e os Estados Unidos, de acordo com o jornalista Rod “Slasher” Breslau.

Diferentemente da situação da temporada 11 da ESL Pro League de CS:GO, cujo formato passou a ser online, transmitido de um estúdio da ESL na Europa, em vez de ao vivo no Colorado, o Major de Dota foi adiado. Isso significa que todas as etapas desde a fase de grupos, que aconteceria entre 15 e 22 de março, não vão mais acontecer nas datas planejadas.

Como disse Slasher, a decisão foi tomada principalmente devido à suspensão de viagens que tinha acabado de ser decretada por Trump. A restrição limita a “entrada da maioria dos que estiveram em certos países europeus em qualquer momento dos últimos 14 dias anteriores a sua chegada nos Estados Unidos”. Isso afetaria times como Team Secret e Ninjas in Pyjamas, além de outros como a Team Aster, que já enfrentava problemas para conseguir vistos para seus jogadores.

Atualizado em 12 de março, 03:22 BRT: O anúncio oficial da ESL evidenciou que o Major não será cancelado, mas adiado. A organização está trabalhando em conjunto com a Valve para encontrar nova data e local para o evento.

“Devido às restrições de viagem e o agravamento da situação do COVID-19 (coronavírus), a ESL decidiu adiar o ESL One Los Angeles 2020 Dota 2 Major”, escreve a ESL. “Estamos trabalhando em conjunto com a Valve para decidir novas datas e locais para o Major.”

No momento, a ESL também está trabalhando com a administração do local e a empresa responsável pelos ingressos para conseguir reembolsos para os que compraram ingressos.

“Estamos trabalhando com a administração do local e a empresa responsável pelos ingressos para liberar os reembolsos o quanto antes”, a ESL explicou. “Se você comprou algum ingresso, deve receber um email nos próximos dias. Estamos muito tristes por não poder levar a vocês o evento que merecem.”

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 12 de março.