As melhores raças para usar em World of Warcraft: The Burning Crusade Classic

Estas são suas melhores opções para explorar Terralém.

Imagem via Blizzard Entertainment

O lançamento de World of Warcraft: The Burning Crusade Classic está próximo. Você pode estar considerando manter o seu personagem principal de Classic ou começar um novo para aproveitar TBC e é importante lembrar que o meta vai mudar muito quando a nova expansão for lançada.

Classes que eram “essenciais” para raides em WoW Classic não serão mais tão prioritárias em TBC, enquanto algumas classes que eram menos importantes no nível 60 brilharão mais no nível 70.

Com isso em mente, confira algumas das melhores classes para usar no WoW: The Burning Crusade Classic.

Caçador

Imagem via Blizzard Entertainment

O Caçador é de longe a melhor opção para causar mais dano por segundo (DPS) em The Burning Crusade. Com a chegada de Tiro Firme em The Burning Crusade, os Caçadores foram fortalecidos em termos de dano, já que em WoW: Classic a classe perdia muito tempo esperando a recarga das habilidades.

Além disso, Tiro Firme é um componente essencial da composição de “um botão” para Domínio das Feras, que usa uma macro para compilar a maior parte da rotação. Com muito dano e sem precisar de muito raciocínio para usá-lo, a classe Caçador se destaca.

Melhor árvore de talentos: Domínio das Feras

Melhores raças: Anão, Orc, Draenei, Troll

Bruxo

Imagem via Blizzard Entertainment

O DPS dos Bruxos não é tão forte quanto o dos Caçadores no nível mais alto, mas, para o jogador médio, a consistência dessa classe é extremamente desejável. Como conjuradores tradicionais, os Bruxos podem causar muito dano a longas distâncias e, em raides, a classe traz uma utilidade essencial.

Graças às Pedras de Vida, Pedras da Alma e Portais de Evocação, os Bruxos serão uma prioridade para qualquer grupo de raide. Prepare-se para a popularidade se você jogar de Bruxo, uma classe mais segura com DPS forte e utilidade sem igual.

Melhor árvore de talentos: Destruição

Melhores raças: Humano, Orc, Gnomo, Morto-Vivo

Paladino

Imagem via Blizzard Entertainment

Os Paladinos sofreram grandes alterações em The Burning Crusade Classic. Não só agora os jogadores da Horda poderão jogar com a classe que antes era exclusiva da Aliança em Classic, mas também tanto Selo de Sangue quanto Selo de Vingança ficarão disponíveis para os jogadores das duas facções na nova versão de TBC. Há 15 anos, no lançamento original de The Burning Crusade, havia um desequilíbrio entre as raças devido ao fato de Selo de Sangue — a opção que costuma ser mais forte para os Paladinos — ser exclusivo dos Elfos Sangrentos. Em TBC Classic, todos os selos ficarão disponíveis para todas as raças, fazendo com que os Paladinos sejam balanceados entre si em qualquer facção.

De modo geral, Paladino é uma classe forte em termos de cura, resistência e DPS corpo a corpo. As três especializações são viáveis em raides, sendo que o Paladino Sagrado é uma das melhores opções de cura do jogo. Além disso, o Paladino de Proteção é uma das melhores opções de tanque em raides de 10 jogadores e masmorras de 5 jogadores.

Melhor árvore de talentos: Sagrado, Proteção

Melhores raças: Humano, Elfo Sangrento

Sacerdote

Imagem via Blizzard Entertainment

A classe padrão de cura em WoW Classic está de volta em TBC. Embora a cura total dos Sacerdotes seja reduzida em comparação aos números absurdos de Classic, a classe ainda tem muito a oferecer.

Sagrado será a primeira opção para Sacerdotes de cura em TBC, mas Sombra foi fortalecida e terá mais DPS. Além disso, o fato de Sacerdotes Sombra adicionarem regeneração de mana aos grupos em suas habilidades fará deles uma classe essencial em qualquer ambiente, seja uma masmorra ou raide.

Melhor árvore de talentos: Sagrado, Sombra

Melhores raças: Anão, Humano, Elfo Sangrento, Morto-Vivo

Artigo publicado originalmente em inglês por Michael Kelly no Dot Esports no dia 17 de maio.