Neeko fortalecida e Kayle enfraquecida para o Mundial Destinos de TFT

Não muda mais nada antes do Mundial.

A Riot Games lançou ontem à noite uma atualização 11.6B, finalizando melhorias e enfraquecimentos para o Campeonato Mundial de Teamfight Tactics: Destinos.

A atualização 11.6 é a atualização oficial do meta do Campeonato Mundial Destinos, como o designer principal de TFT, Stephen “Mortdog” Mortimer, confirmou via Twitter. O Mundial do Conjunto 4,5 acontece de 7 a 9 de abril e conta com 24 dos melhores jogadores de todo o mundo.

Ao todo, foram feitos quatro pequenos ajustes na atualização 11.6B de TFT. O foco, segundo a Riot, era mexer em “alguns campeões e características que estivessem um pouquinho bem demais em preparação para o Mundial Destinos”.

Neeko vinha enfrentando dificuldades no meta competitivo da 11.5 e da 11.6. Depois da atualização 11.6B, pode ser que haja espaço para mais Vanguarda/Místico no competitivo, mais como transição nos estágios mais avançados do jogo. O dano de Explosão Florescente de Neeko aumentou em 50 em todos os níveis, de 200/300/400 para 250/350/450.

Foram enfraquecidos Kayle e a característica Mago. Kayle recebeu ajustes leves nos níveis de 2 e 3 estrelas, de 100/150/400 para 100/140/350, enquanto os Magos receberam uma redução de 5% a seu Poder de Habilidade. Enfraquecer Kayle pode afetar de leve a Carrasca, mas o ajustes dos Magos é difícil de perceber.

Olaf e Tryndamere não receberam ajustes, nem a característica Patrono. Tristana ficou um pouco mais forte no nível de uma estrela e mais fraca em três estrelas, o que fortalece as composições de Atirador/Alma de Dragão no início, mas reduz levemente o poder nos estágios mais avançados do jogo.

A atualização 11.6B de TFT já está no ar. A atualização 11.7 está marcada para sair no dia 31 de março, trazendo “mais condições de vitória” para os jogadores casuais e competitivos, segundo Mortdog. A atualização 11.8 lança o Conjunto Cinco no servidor do PBE, enquanto Mortdog planeja “se soltar e fazer algumas coisas bestas” nos servidores ativos.

Artigo publicado originalmente em inglês por Danny Forster no Dot Esports no dia 24 de março.