Todas as principais diferenças de Pokémon Brilliant Diamond e Shining Pearl para os originais Diamond e Pearl

Mudanças demais para listar nas novas versões dos jogos de Sinnoh.

Imagem via The Pokémon Company

A Pokémon Company promoveu Brilliant Diamond e Shining Pearl como remakes bem fiéis dos jogos originais do Nintendo DS, que trariam o que Diamond e Pearl fizeram em 2006 a um novo público. No entanto, isso não significa que todo o conteúdo incluído nos remakes seja exatamente igual ao original.

Os desenvolvedores da ILCA trabalharam de perto com a Pokémon Company e a Game Freak para tentar garantir que algumas ferramentas ultrapassadas fossem substituídas, que algumas melhorias de qualidade de vida fossem adicionadas e que áreas específicas do jogo recebessem a atenção necessária para um retorno bem-sucedido.

Atingir o equilíbrio perfeito entre o espírito nostálgico do jogo original e melhorias generalizadas é algo difícil para as equipes que trabalham em remakes. Anteriormente, os fãs já criticaram a Game Freak por fazer mudanças drásticas demais a certos títulos, como Omega Ruby e Alpha Sapphire, remakes da terceira geração, lançados para o 3DS em novembro de 2014.

A ILCA abordou a história, a jogabilidade e a sensação de jogar BDSP de uma forma um pouco mais tradicional. Mas, mesmo sem contar os novos gráficos chibi brilhantes que dividiram opiniões, alguns dos aspectos mais especiais dos remakes parecem estar nos detalhes mais intrincados de áreas muito específicas da região de Sinnoh. Confira algumas diferenças principais que afastam os remakes dos Diamond e Pearl originais.

Gráficos e movimentos atualizados

À primeira vista, a maior mudança seriam, obviamente, os novos gráficos. A ILCA pegou o visual original de Diamond e Pearl e o adaptou para um estilo 3D mais moderno, mas que ainda mantém a abordagem geral do antigo Pokémon de DS.

Alguns dos próprios Pokémon até receberam mudanças a seus modelos 3D ou outros aspectos de sua aparência para se assemelhar mais a seus visuais originais, seja nas animações de repouso ou em como eles sentam.

Além dos modelos, texturas e animações em HD, os jogadores também poderão explorar Sinnoh com controles muito menos restritivos, podendo se mover mais livremente caso a área permita.

Pokémon te seguindo (mais ou menos?)

Uma das novidades mais amadas dos remakes é que os principais Pokémon do seu time sigam você em sua jornada pelo mundo Pokémon. No entanto, essa não é exatamente uma novidade em Sinnoh.

Alguns fãs podem não ter visto isso nos Diamond e Pearl originais, mas, em Hearthome City, era possível visitar a Amnity Square e caminhar ao redor da área especial com um determinado número de Pokémon. Esse número era limitado a apenas 11 dos 493 Pokémon disponíveis e incluídos na National Pokédex na época, mas foi o começo de uma ferramenta que foi expandida em Platinum e adicionada por completo em HeartGold e SoulSilver, quatro anos depois do lançamento de Diamond e Pearl.

Em Brilliant Diamond e Shining Pearl, não só os seus Pokémon podem seguir você em toda a região de Sinnoh, mas também há várias novas funções. Por exemplo, você pode contribuir para aumentar o atributo de amizade (chamado happiness, affection ou friendship — o nome exato da ferramenta mudou ao longo dos anos) mais rapidamente.

Usar isso aumentará a velocidade com que você pode aumentar esses valores de amizade, o que levará a uma rota mais rápida para conseguir os bônus que vêm com eles. Entre os bônus, há as animações adicionais de sempre, chance de sobreviver a golpes fatais, aumento de experiência e muito mais — com direito a todas as caixas de texto que reduzem a velocidade das batalhas.

A Amity Square até foi atualizada para acomodar essa novidade, então é bom você se preparar para passar muito tempo de qualidade com o seu time preferido.

HMs removidas e TMs repaginadas

A ILCA fez algo um pouco estranho em Brilliant Diamond e Shining Pearl para tentar se manter fiel aos jogos originais: as Technical Machines (TMs) voltaram a ser itens de uso único para ensinar ataques aos Pokémon.

Sword e Shield fez isso, parcialmente, através do uso de Technical Records (TRs) que tinham essa função, mas ainda havia TMs que podiam ser usadas quantas vezes os jogadores quisessem. Agora, essa função foi revertida para como era em 2006, mas com algumas leves diferenças.

Como já tinha sido demonstrado em vários trailers, as HMs não voltaram completamente. Em vez disso, os jogadores usam um app no Pokétch que permite que seus Pokémon utilizem os ataques especiais em sua jornada por Sinnoh. Todas as HMs de Diamond e Pearl também foram convertidas em TMs normais para serem usadas em batalha.

Expandindo o Underground

O Underground é uma funcionalidade de Diamond, Pearl e Platinum que costuma ser ignorada, mas que permite aos jogadores explorarem uma área subterrânea que fica sob toda a região de Sinnoh.

Uma vez dentro do Underground, você pode explorar e escavar em busca de itens, construir bases, jogar minijogos com outros jogadores, trocar Spheres por outros itens e muito mais. Brilliant Diamond e Shining Pearl expandiram isso, transformando o Underground em Grand Underground.

O Grand Underground tem seis áreas, mais que as quatro do jogo original, e utiliza funcionalidades online em vez de outras conexões, como a antiga do DS. Ele também inclui muitas das funcionalidades clássicas, como escavação, Secret Bases e afins, mas agora os jogadores também podem encontrar Pokémon no Underground.

Os Pokémon podem ser encontrados em áreas chamadas de Pokémon Hideaways, que têm biomas naturais diferentes e podem conter várias espécies encontradas apenas nesses locais. Foi nessas áreas que os trailers originais mostraram os jogadores encontrando Pokémon raros que não podiam ser encontrados normalmente nos Diamond e Pearl originais, como Houndour.


Brilliant Diamond e Shining Pearl são remakes de jogos de 2006, então muitas mudanças de qualidade de vida gerais para o jogo e para o conteúdo pós-campanha também foram feitas.

Quando estiver jogando Brilliant Diamond e Shining Pearl, você vai perceber que é uma oportunidade para fãs antigos e recentes da franquia Pokémon aproveitarem de forma fiel uma aventura na região de Sinnoh — seja essa sua primeira visita ou uma viagem nostálgica para revisitar suas memórias de muitos anos atrás.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cale Michael no Dot Esports no dia 18 de novembro.