Pokémon Legends: Arceus é um jogo de mundo aberto?

Mais ou menos? Mas há controversias.

Imagem via The Pokémon Company

Quando foi revelado pela primeira vez, os fãs pensaram que a The Pokémon Company e a Game Freak estavam adotando uma abordagem comum para jogos recentes, tornando Pokémon Legends: Arceus o primeiro jogo Pokémon de mundo aberto. Mas isso nunca foi realmente o caso. 

Enquanto Legends: Arceus retrabalha muitas mecânicas que foram fundamentais na franquia desde que Red & Green foi lançado no Game Boy em 1996, como o sistema de batalha e a mecânica de evolução, o jogo não foi projetado com um mundo totalmente aberto em mente. 

Captura de tela via Nintendo/The Pokémon Company

A TPC até esclareceu o que Legends: Arceus pretendia fazer em outubro, observando que Jubilife Village é o tipo de centro que os jogadores usariam para se preparar para excursões às outras áreas do jogo.

“Em Pokémon Legends: Arceus, a Jubilife Village servirá como base para missões de pesquisa”, disse a TPC. “Depois de receber uma tarefa ou um pedido e se preparar para sua próxima excursão, os jogadores partirão da vila para estudar uma das várias áreas abertas da região de Hisui. Depois de terminar o trabalho de pesquisa, os jogadores precisarão retornar mais uma vez para se preparar para a próxima tarefa. Estamos ansiosos para compartilhar mais informações sobre como explorar a região de Hisui em breve.”

Agora que o jogo está oficialmente lançado, podemos ver claramente que Legends: Arceus está se inspirando em outros jogos que ainda são considerados “mundo aberto” e simulando essa experiência de maneira criativa.

Captura de tela via Nintendo/The Pokémon Company

As primeiras comparações com Monster Hunter, e especificamente a franquia Monster Hunter Stories RPG, agora parecem corretas. O mapa de Legends: Arceus é segmentado em seis zonas distintas com vários locais menores dentro deles que fazem a região de Hisui parecer completa. E antes de embarcar em uma nova área, você precisará voltar ao hub antes de sair em uma excursão.

Relacionado: Mapa e locais de Pokémon Legends: Arceus

No geral, a Game Freak conseguiu dar aos fãs a sensação de mundo aberto em um jogo Pokémon pela primeira vez, mesmo com as limitações impostas ao jogo pelo hardware do Switch. Os vários Pokémon que vivem no mundo superior ajudam a compensar isso, fazendo com que cada uma dessas áreas pareça naturalmente habitada, e a capacidade de viajar livremente dentro dessas seções segmentadas é um mundo aberto o suficiente para manter esse sentimento.

Mesmo assim, é mais adequado chamar Legends: Arceus de um título de sandbox que expande o que Sword & Shield trouxe para a mesa com sua Wild Area e DLC.

Artigo publicado originalmente em inglês por Emily Morrow no Dot Esports no dia 28 de janeiro.