Como derrotar a Brasil Gaming House em Overwatch?

A equipe mais antiga do cenário brasileiro de Overwatch também é a mais consistente.

Foto via Blizzard Entertainment

Ninguém sabe como parar a Brasil Gaming House em Overwatch.

A equipe brasileira perdeu um mapa dos 20 que disputou na fase de grupos da atual temporada sul-americana da Overwatch Contenders. Ela ficou em primeiro lugar do Grupo A com cinco vitórias, nenhuma derrota e um saldo positivo de 19 mapas ao fim dessa fase nessa quinta-feira.

Os sul-americanos da LFORG são a única equipe do Grupo A que parou a Brasil Gaming House por um mapa. Eles venceram os brasileiros hoje com dificuldade em King’s Row por 6 a 5.

RevoltZ, Breakdown, Looking For Tanks e Caverna são as outras equipes que viram a colossal Brasil Gaming House acumular nove mapas perfeitos sobre eles no torneio.

Os argentinos da Isurus Gaming já souberam vencer a Brasil Gaming House, mas isso ficou na fase de grupos da primeira temporada, em 6 de abril. Depois disso, a Brasil Gaming House teve uma sequência de nove vitórias em séries na Overwatch Contenders, que inclui o atropelo sobre a Isurus por 4 a 1 na grande final da primeira temporada.

Se esperava que a Brasil Gaming House caísse de desempenho em algum momento, já que seus jogadores estão juntos desde julho de 2016. Mas as ofensivas da Brasil Gaming House com o Genji de Felipe “liko” Lebrao são tão devastadoras quanto as defesas com as Transcendências do Zenyatta de Rodrigo “kolero” Kröber. A consistência levou o comitê da Seleção Brasileira de Overwatch a convocar todos os jogadores da Brasil Gaming House para representar o Brasil na Copa Mundial de Overwatch de 2018.

E é o dia a dia dos jogadores da Brasil Gaming House que faz a diferença e mantém a equipe no topo do Overwatch sul-americano, disse o suporte kolero. “A gente treina bastante em ranqueadas para não perder no mano a mano, que é o nosso grande forte”, Kolero disse. Ele vê que todos da equipe têm “habilidade individual para fazer uma jogada” e controlar a luta mesmo quando elas parecem perdidas.

Ter jogadores no ápice da habilidade individual é outro ponto forte da Brasil Gaming House para seu jogador ofensivo Eduardo “dudu” Macedo. “Nosso conhecimento do jogo ainda está um pouquinho à frente da maioria dos times do cenário, e falo isso tanto no individual quanto em jogadas em equipe”, dudu disse.

Ele diz que as equipes adversárias ainda precisam melhorar seu foco de dano durante as lutas e usar as habilidades supremas no momento certo. “Claro que a gente não faz isso perfeitamente, mas acredito que a gente tem muito mais facilidade em fazer isso do que o resto do pessoal”.

Dudu diz que um terceiro ponto forte da Brasil Gaming House é a rapidez da equipe em entender as estratégias em alta no jogo. “Isso acaba criando uma disparidade e forçando os outros times a ‘correr atrás’ de nós sempre”, dudu diz.

Se existe uma equipe que pode acabar com essa disparidade, ela está no Grupo B e só enfrentará os brasileiros no mata-mata da Overwatch Contenders. Kolero diz estar ansioso para enfrentar a Black Dragons e-Sports, que “é um time que melhorou bastante”, ele disse.

A Isurus Gaming também se classificou para o mata-mata e pode enfrentar a Brasil Gaming House até em uma reedição da final da temporada anterior. Apesar de a Isurus estar com um bom desempenho de três vitórias e uma derrota por WO, os argentinos passaram por grandes mudanças em sua escalação nessa temporada.

Looking for Org, RevoltZ e Breakdown Gaming também estarão no mata-mata saindo do Grupo A. Só Isurus Gaming e Black Dragons e-Sports garantiram sua vaga pelo Grupo B, que terá suas últimas partidas transmitidas no próximo domingo (5).

Mas como vencer a Brasil Gaming House? É preciso ser melhor que eles na teoria, na prática individual e na prática em equipe. Tudo ao mesmo tempo. Se nenhuma equipe conseguir, é provável que a Brasil Gaming House seja bicampeã da Overwatch Contenders América do Sul.

O mata-mata da Overwatch Contenders América do Sul começa em 11 e 12 de agosto, quando as partidas serão gravadas para serem transmitidas na Twitch em 16 e 19 de agosto.