28 DE março DE 2018 - 19:03

PaiN Gaming contrata quatro integrantes de Overwatch da Black Dragons em meio a controvérsias

Jogadores que ficaram de fora da fusão teriam sido avisados de última hora. Os responsáveis pela Black Dragons não foram avisados da negociação.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Imagem via Blizzard Entertainment

Parte dos jogadores de Overwatch da Black Dragons e-Sports se juntaram aos da paiN Gaming. A fusão parcial das equipes foi anunciada na tarde dessa quarta-feira (28).

Jogadores das duas organizações se preparavam para misturar seus elencos há quase uma semana. De acordo com múltiplas fontes em conversa com o Dot Esports Brasil, os jogadores da Black Dragons e paiN que foram convidados para a fusão já estavam sendo sondados desde quarta-feira passada (21) sem o conhecimento de seus companheiros de equipe ou dos donos da Black Dragons.

Marcello "Wetter" Floriani, Gabriel "Nitro" Gaspar, Gabriel "Snow" Ceregatto e Tiago "wings" Righi da Black Dragons foram deixados de fora da mistura, assim como Francisco "Xikon" Braga da paiN Gaming.

Thiago "TH7" Valente, também da paiN, disse ao Dot Esports Brasil que saberá essa semana se continua com a equipe. De acordo com fontes, seu teste ainda está sendo avaliado pela organização.

Black Dragons e paiN Gaming hoje participam do principal campeonato de Overwatch da América do Sul, a Overwatch Contenders. As duas contrataram os jogadores da LFTOWL e Outlanders, respectivamente, no final de fevereiro deste ano, que já tinham vaga para o torneio.

O momento das equipes nas duas primeiras semanas do campeonatoo não parece justificar a fusão. A paiN Gaming venceu suas duas séries disputadas e ainda é vice-líder do Grupo B, além de sempre atrair muitos espectadores para as transmissões da Overwatch Contenders. A Black Dragons teve uma vitória e uma derrota, mas já atropelou a Isurus, a melhor equipe sul-americana de Overwatch, e fez uma partida páreo a páreo com a Just W na segunda rodada, quando perdeu na prorrogação. Ela era vice-líder do Grupo A quando boatos sobre a fusão surgiram.

De acordo com múltiplas fontes envolvidas na negociação, o processo teria começado com a busca da paiN Gaming por um técnico. Yuri "Insanityz" Ribeiro, que era técnico da Black Dragons, foi procurado para preencher a função. A partir daí, especula-se que Insanityz tenha sido o mediador da transição de parte dos jogadores.

Tabela por [Bhernardo Viana](https://twitter.com/BhernardoViana)

Em conversa com o Dot Esports Brasil, Insanityz negou a mediação. Ele disse que a Black Dragons já pensava em cortar Wetter e Nitro por problemas pessoais de ambos. "Mas não chegamos a falar com ninguém sobre isso, era ideia interna nossa", Insanityz disse. Ele confirmou que houve testes dos jogadores ofensivos e suportes da Black Dragons misturados com os da paiN Gaming na quarta-feira (21) à noite.

No entanto, Insanityz disse que o gerente de equipe de Overwatch da paiN, Matheus "Phantom" Bento, foi quem os procurou para iniciar as conversas sobre a fusão. A informação foi confirmada pelo próprio Phantom, que disse ao Dot Esports Brasil que "Ter abordado eles foi uma jogada de sorte, mas que trouxe bons frutos".

Phantom disse que a equipe realmente procurava um técnico. Depois de ver a oportunidade, ele falou com os jogadores da Black Dragons diretamente, mas não fez contato com os donos da organização. "Mas quando fui abordar [os jogadores], já estava com a possibilidade dos jogadores em mente", Phantom disse. Ele não confirmou se Insanityz foi a primeira pessoa com quem falou sobre a negociação.

Em conversa exclusiva com o Dot Esports Brasil, o chefe de esports da paiN Gaming, Hugo "vex1" Tristão, enfatizou o tom de "oportunidade que acabou aparecendo" da fusão com os jogadores da Black Dragons. "Entendemos que eles tinham ótima sinergia com o projeto de Overwatch", disse.

Hugo confirmou que Phantom foi o responsável pelo primeiro contato para a fusão, que aconteceu direto com os jogadores da Black Dragons. O regulamento da Overwatch Contenders não especifica regras para a abordagem de jogadores contratados por outras equipes para transferências durante a temporada.

De acordo com Insanityz, no lado da Black Dragons, o desejo dos que estavam de saída era ter informado os demais sobre a fusão na sexta-feira (23) depois do treino em grupo, que foi dois dias após os testes com a paiN. Nitro não teria aparecido e Wetter ficou calado o tempo inteiro. "Nem tivemos oportunidade de falar nada, mas [Wetter] nos pareceu já saber."

Os donos da Black Dragons teriam sido informados sobre a migração de seus jogadores para a paiN Gaming na sexta-feira ou no sábado, ainda de acordo com as fontes. O responsável pelo comunicado foi Felipe "baba1u" Soares, que continua como gerente de equipe de Overwatch da Black Dragons. Ele foi convidado para a fusão, mas recusou.

Da mesma forma que aconteceu quando procuraram os jogadores, nenhum integrante ou jogador da paiN Gaming teria entrado em contato com a Black Dragons para avisar que as partes haviam chegado em um acordo.

No lado dos jogadores que ficaram de fora, Francisco "Xikon" Braga, agora ex-paiN Gaming, disse que soube de última hora que não estava envolvido. "Eu e um outro jogador não ficamos sabendo [da fusão]," Xikon disse. "Parece que eles fizeram um treino secreto na quarta-feira, e continuamos treinando normal na quinta e na sexta como se nada tivesse acontecido. No sábado, vazou para a gente a informação do negócio e no domingo após o jogo eu fui notificado de que não iria fazer mais parte do time, e me removeram do Discord." A notícia teria chegado a ele por terceiros, não pela organização da paiN Gaming.

As duas organizações não se manifestaram quanto à questão contratual dos jogadores com suas respectivas organizações.

Enquanto mudanças drásticas de escalação durante campeonatos são incomuns ou até vedadas em esports como League of Legends e Counter-Strike: Global Offensive, vex1 afirma que a transição foi feita de acordo com o regulamento da Overwatch Contenders. "Seguimos todos as regras estipuladas pela Blizzard, que neste quesito vem surpreendendo pelo rápido feedback", Hugo comentou. "É a primeira vez que temos um relacionamento estreito com eles e estamos nos impressionando com o profissionalismo."

Pela regra 3.7.5.4 do regulamento da Overwatch Contenders, as equipes podem, até a semana cinco de disputa, fazer quaisquer mudanças em seu elenco até 72 horas antes de a próxima partida ser disputada. Ontem (27), a fase sul-americana da competição começou sua semana três, o que significa que a mudança de elenco da paiN Gaming está de acordo com as regras.

Por outro lado, a Black Dragons será forçada a encontrar três jogadores para completar um elenco de seis jogadores até o meio dessa semana. As regras da Overwatch Contenders não permitem que uma equipe tenha menos de seis jogadores inscritos até 72 horas antes de sua próxima partida, o que pode levar a organização a perder a próxima partida por W.O. caso não consiga.

Baba1u, que recusou a fusão, afirmou que irá ajudar a refazer a Black Dragons para essa temporada. "Na segunda temporada [da Overwatch Contenders], vamos contratar jogadores para fazer um time mais forte".

Xikon disse, quando questionado se pretende migrar para a Black Dragons, que não sabe o que fazer e nem sabe se isso é possível. "Eu estou pensando sobre meus planos. Todo mundo foi bastante afetado com isso, e você treinar durante meses para no meio do campeonato rolar isso não é fácil."

Wetter, que também foi deixado de fora, preferiu não se pronunciar. Nitro também escolheu não falar por hora, mas disse que sua prioridade no momento é conseguir jogadores pra completar a escalação da Black Dragons.

Snow disse ao Dot Esports Brasil que não jogará mais Overwatch profissionalmente a partir de agora. Ele mudará seu foco para a faculdade. "Acho que vou abandonar [Overwatch] por um tempo. Nem live de Overwatch eu tenho vontade de fazer", Snow disse. Ele esclareceu que sua decisão não tem nenhuma relação com a fusão. "Só não quero mais jogar mesmo."

Os responsáveis pela organização da Black Dragons e-Sports já anunciaram uma nova escalação e fizeram uma declaração sobre o ocorrido.

A Blizzard Entertainment também não respondeu à solicitação de comentário do Dot Esports Brasil sobre a transferência até o momento da publicação dessa matéria.

Com a fusão, a nova escalação de Overwatch da paiN Gaming será a abaixo.

  • Renan "Fastie" Melo
  • Rodrigo "kolero" Kröber
  • Murillo "murizzz" Tuchtenhagen
  • Davi "HaPi" Silva
  • Bruno "Stylo" Bagatin
  • Enrico "Pardal" Pace
  • Gabriel "KilleR" Magnani
  • Lucas "revoltz" Furiani
  • Yuri "Insanityz" Ribeiro (técnico)

Como o anúncio foi feito na tarde dessa terça-feira, todas as partidas da Overwatch Contenders que serão transmitidas essa semana ainda contarão com as escalações antigas de Black Dragons e paiN Gaming, já que são partidas disputadas no fim de semana passado.

Atualização 28/03 às 18h35: A Black Dragons anunciou sua nova escalação e se pronunciou sobre o caso.

Próximo Artigo