1 DE Fevereiro DE 2018 - 18:39

Novo curta de 6 minutos de Annie é trágico, comovente e um pouco mais que perverso

O amor de um pai é superado por desprezo e raiva.
Dot Esports Brasil: Writer and Translator | Redator e Tradutor
preview
Foto de tela via Riot Games

Pela segunda vez em apenas dois meses, a Riot lançou um novo curta cinemático. Dessa vez é para Annie, e ele é trágico.

Annie: Origens é um filme aquarelado de seis minutos que explora a história da pequena domadora de bolas de fogo. Ela parece perturbadíssima no jogo quando berra e diz coisas como "Você tá com cheiro de... queimado!" depois de torrar seus inimigos. Mas em Origens, ela é apenas uma garotinha assustada com poderes que não compreende até ser tarde demais.

Esse curta segue o mesmo caminho que a Riot definiu em 2016, de ampliar o lado da história de League of Legends. Não houve muitas animações específicas de campeões como essa, com exceção de uma série de vídeos curtos de DariusMiss FortuneZed, e Lux, todos ano passado. Também houve outros mais rápidos, como um trailer animado da skin Ahri Guardiã Lunar e até o primeiro clipe musical da história dos campeões para Varus.

No entanto, a cinemática de Annie é mais longa e vai ao ponto nos detalhes sobre sua personalidade.

Sem falar muito e acabar com a graça, a história contada no curta revela o mistério por trás dos pais de Annie, assim como explica exatamente o que é o Tibbers. Ele é a manifestação de sua raiva e suas emoções. Em outras palavras, se você deixar ela brava, o urso vai te pegar. Afinal de contas, ele é o aminal preferido dela.

compartilhamentos
Próximo Artigo