Os decks de Aggro desafiam os de Control nas ranqueadas em Legends of Runeterra

Aggro responde ao Control, mas o meta ainda está aberto.

Imagem via Riot Games Legends of Runeterra

Os decks Aggro ressurgiram em Legends of Runeterra, com os jogadores aprimorando as versões existentes e criando novas.

Após a atualização de balanceamento 0.9.0 do LoR no início desta semana, os decks de Controle invadiram o meta, assumindo todos os pontos mais altos do tier Mestre e dominando a subida dos ranques. Mas não demorou muito para que os jogadores testassem antigos e novos decks de Aggro em resposta. As versões das Ilhas das Sombras retornaram à vanguarda junto com o pacote Elusive. Há também decks de Burn de Teemo junto com Poros. 

Os decks de Warmother Control foram a escolha para vencer anteontem e MegaMogwai teve uma resposta para eles com seu baralho Katrina e Zed chamado Kattering Ram. A construção se saiu bem contra o Control e outros Aggro e pareceu “incrível”, de acordo com MegaMogwai.

Retornando às raízes das Ilhas das Sombras com uma reviravolta, o Prismaticism alcançou o primeiro lugar como Mestre com uma build de S/I Allegiance. Usando o Radiant Guardian, que pode se tornar a nova carta de ganho de vida preferida e o Rally em Relentless Pursuit, o deck de Prismaticism inundou todos os níveis classificados no LoR ontem.

Jon Westberg também jogou uma versão das Ilhas das Sombras, mas com um toque de originalidade. Adicionando três cópias de Lucian na construção com três Hecarims, o baralho também aproveita o poder dos Dawnspeakers.

Uma build de Burn por Gummi_God e Bagels que usa Teemo fora do Control ainda vencendo partidas. Em conjunto com Draven, esse baralho atinge o Nexus de um oponente com força e rapidez, com o objetivo de terminar a partida rapidamente.

Os decks Elusive também estão de volta, apesar dos enfraquecimentos da região de Ionia na mais recente atualização de balanço do LoR. Anteontem, Xixo alcançou o primeiro lugar no nível Mestre na UE com três cópias de Zed e muitas unidades Elusive.

Mas a surpresa do dia veio de Zealot e seu uso de Poros com Braum e Tryndamere. Parece um deck de controle, mas não é. Embora não seja exatamente de natureza Aggro (mais Midrange), Zealot estava subindo com sucesso na escada do Mestre.

Os decks Aggro estão em ascensão, mas não pense que Control e Midrange estão de fora. Até mesmo uma versão de Vladamir e sua gangue Carmesim, em conjunto com unidades Elusive, estava subindo as ranqueadas. O metagame no LoR é aberto e está mudando diariamente. Provavelmente continuará sendo alterado à medida que os jogadores experimentarem arquétipos novos e existentes de LoR.

Artigo publicado originalmente em inglês por Danny Forster no Dot Esports no dia 21 de fevereiro.