Teste “presencial” do jogo de luta da Riot, Project L, é confirmado para 23 a 25 de abril

Alguns sortudos da região de Los Angeles, nos EUA, terão a oportunidade de testar o jogo neste final de semana.

Imagem via Riot Games.

Foi revelada uma primeira prévia do jogo de luta da Riot, também conhecido como Project L, no evento de aniversário de 10 anos da desenvolvedora, que aconteceu em outubro de 2019. Desde então, a Riot não comentou mais nada sobre o novo projeto — até agora.

Alguns jogadores selecionados da região de Los Angeles, nos EUA, foram convidados para participar de uma sessão de testes “presenciais” do jogo. Uma pesquisa de opinião do mês passado explicou detalhes do projeto.

“Faremos sessões de testes presenciais na região de Los Angeles e achamos que você se encaixa no perfil que procuramos”, dizia um email verificado enviado pela Riot em março. “Este link é exclusivo para você, então, por favor, não o compartilhe com outras pessoas. Como sempre, não são permitidas capturas de tela da pesquisa.”

A pesquisa incluía perguntas sobre jogos de luta em geral, convidando os jogadores para uma sessão de testes. Havia ainda perguntas sobre disponibilidade e uma lista de possíveis datas para o evento presencial.

Imagem via Riot Games

Um mês depois, foi confirmado que o evento acontecerá de sexta-feira, 23 de abril, a domingo, 25 de abril. “Parabéns! Você foi selecionado para participar do nosso teste presencial” é o que dizia o email enviado pela Riot. Esses emails foram revelados pelo YouTuber The Skilled Roy.

Ainda não se sabe se mais testes ficarão disponíveis no futuro, mas, por enquanto, parece que a Riot decidiu concentrar seus esforços na região de Los Angeles, onde fica a empresa.

No fim do ano passado, em dezembro, a Riot publicou um vídeo explicando o que esperar da desenvolvedora em 2021. League of LegendsLegends of RuneterraTeamfight Tactics e VALORANT foram mencionados. Mas Project F, um misterioso dungeon crawler multijogador, e Project L ficaram de fora.

“É bem difícil criar jogos de luta. São jogos complicados de fazer. E, embora já tenhamos feito avanços em algo que achamos bem legal”, disse a Riot em 2019. “Ainda falta um longo caminho.”

Artigo publicado originalmente em inglês por Jerome Heath no Dot Esports no dia 21 de abril.