Riot Ghostcrawler responde às críticas de vídeo de Doublelift: “Concordamos com muito do que ele diz”

LoL está passando por um dos momentos mais turbulentos da história do jogo.

Foto de tela via WIRED/YouTube

Uma das personalidades mais emblemáticas de League of Legends, Yiliang “Doublelift” Peng, lançou um vídeo cheio de detalhes na semana passada que explicava exatamente o que ele acha que está errado no jogo.

Em grande parte, concordamos com ele, e de acordo com uma publicação nos fóruns oficiais de LoL pelo desenvolvedor Greg “Ghostcrawler” Street, a Riot também pode concordar com Doublelift.

O vídeo de Doublelift se aprofundou em vários pontos-chave. O ponto principal é o estado de constante mudança do jogo. Doublelift argumentou que, embora mudanças sejam boas para manter o jogo interessante, a direção da mudança precisa ser aperfeiçoado, e o ritmo precisa ser reduzido. Ele deu exemplos de outros jogos populares que raramente lançam atualizações, e mencionou que a Riot poderia tentar reduzir o calendário de atualizações de LoL um pouco.

Um de seus principais argumentos para defender esse ponto é que outros jogos que estão crescendo em popularidade, como Fortnite, podem fazer isso porque jogadores altamente qualificados como Tyler “Ninja” Blevins podem se concentrar na criação de conteúdo e no alcance na comunidade em vez de treinar longas horas para acompanhar do meta.

Na publicação de Ghostcrawler, ele menciona que a Riot se esforça para fazer apenas mudanças boas, mas às vezes erra a mira.

“Aprender é divertido, e como Doublelift [disse], é uma das coisas que mantém os jogadores voltando ao LoL“, Ghostcrawler disse. “No entanto, para que isso funcione, é preciso sentir que há um clima de avanço, não que você está apenas correndo sem sair do lugar porque essa tal de Riot continua redefinindo o jogo.”

Ele menciona que a Riot tem muito orgulho do seu trabalho no novo sistema de runas introduzido durante a pré-temporada mais recente, mas boa parte do trabalho feito fora as runas, como as atualizações de meio de temporada, tiverem mais impacto e causaram mudanças acidentais do que a empresa previa. Este ano, a atualização de meio de temporada, que normalmente é um conjunto gigante de alterações em uma única atualização por ano, foi dividida em três atualizações.

Mas por causa do impacto das mudanças na rota inferior e na selva, Ghostcrawler diz que essas três atualizações não pareceram uma atualização de meio de temporada dividida em três para alguns jogadores, mas sim como três atualizações de meio de temporada com seus resultados separados. No ano que vem, ele disse, a Riot voltará a uma atualização de meio de temporada.

Mais importante, ele afirma que em atualizações futuras, em especial aquelas que levam para o Worlds e para a pré-temporada, devem ser “muito menos impactantes.”

Atualizações carregadas com conteúdo são um problema, é claro, mas o impacto do conteúdo é também um problema real. Se o conteúdo de atualizações diminuir de ritmo, esperamos também que Riot se concentre em lançar mudanças que realmente beneficiem o jogo, bem como mudanças que são verdadeiramente necessárias para uma melhor experiência de jogador.

É hora de a Riot cumprir com sua palavra. Com a próxima atualização chegando nesta quarta-feira, os fãs provavelmente serão os primeiros a criticarem o quanto ela se mantém fiel à publicação de Ghostcrawler.