Riot enfraquecerá vários campeões usados no competitivo, como Jayce, Lee Sin, Renekton, Thresh e Varus, na atualização 11.18 do LoL

Essa é, na prática, a "parte 1 das atualizações do Mundial".

Imagem via Riot Games

Preparem-se, fãs de League of Legends. Estamos finalmente começando a temporada do Campeonato Mundial.

Faltando apenas um mês para o maior campeonato do ano, a Riot Games listou as várias mudanças que serão feitas ao jogo na atualização 11.18. É só a primeira parte das alterações feitas para o evento, segundo o designer principal do jogo, Jeevun “Jag” Sidhu. A segunda parte das mudanças para o Mundial será incluída na atualização 11.19. Entre os enfraquecimentos, há vários campeões que têm sido priorizados no competitivo e ganhado popularidade nos últimos meses, o que pode mudar o meta do Mundial.

Por exemplo, Kalista e Varus são dois atiradores clássicos que vêm aparecendo muito no Summoner’s Rift. Entre as quatro principais regiões, América do Norte, Europa, Coreia do Sul e China, os dois campeões são os mais presentes em seleção e banimento na rota inferior, respectivamente com 75% e 56%, de acordo com o site de estatísticas Games of Legends. Varus também foi o quinto campeão mais usado e o sétimo mais banido em todo o mundo e tem 51% de vitórias atualmente.

Lee Sin também rapidamente se tornou o campeão mais usado no mundo, com 1.417 partidas, tendo 76% de seleção ou banimento mundialmente. Sua flexibilidade entre as rotas e a selva permite que ele apareça em vários tipos de composições, e os jogadores mais talentosos conseguem aproveitar seu potencial de jogadas, resistência e dano de forma letal.

Relacionado: Riot revela os 23 campeões que devem ser fortalecidos na atualização 11.18 do LoL

Renekton e Thresh, por outro lado, sempre foram escolhas confortáveis para muitos jogadores da cena. Renekton é, atualmente, o quarto campeão mais banido do competitivo, por funcionar bem contra vários oponentes. Thresh também é uma escolha perfeita que se encaixa na maior parte das composições, já que tem potencial de isolar inimigos e criar jogadas, além de ter utilidade e poder salvar os aliados de situações complicadas. É o terceiro campeão mais banido mundialmente, embora só tenha 49% de vitórias.

Com todos esses campeões enfraquecidos, pode ser que outros campeões roubem a cena para o Mundial. Há opções como Jinx e Kai’Sa, que receberão ajustes até o campeonato, o que pode mudar as coisas nesse último mês de preparação.

Artigo publicado originalmente em inglês por Tyler Esguerra no Dot Esports no dia 30 de agosto.