Riot diz que contas secundárias acabam com League of Legends

“Não queremos jogadores criando contas alternativas só para subir de classificação mais rapidamente.”

Imagem via Riot Games

Na última temporada ou duas, subir nas ranqueadas de League of Legends tem sido uma jornada longa e árdua. O sistema não reflete mais o MMR e as vitórias, mais que nunca, parecem importar pouco. Mas isso é proposital, de acordo com a Riot Games.

“A subida é bem mais longa agora. É proposital”, a Riot disse no Twitter. “Não queremos jogadores criando contas alternativas só para subir de classificação mais rapidamente. Incentivamos que os jogadores usem suas contas principais. As secundárias acabam com a experiência de jogo dos outros.”

Esse tipo de conta alternativa, chamado também de “smurf”, sempre foi um problema no LoL. Algo precisava ser feito de um jeito ou de outro, mas a Riot pode estar usando a estratégia errada para resolver o problema.

As mudanças ao sistema significam que o MMR sobe no mesmo ritmo, mas a classificação vai demorar mais para ser alcançada. Isso, em teoria, poderia fazer com que os jogadores preferissem usar suas contas principais às smurfs, mas, ao mesmo tempo, pode atrapalhar a subida dos jogadores comuns.

A Valve usou uma tática oposta para lidar com o problema em Dota 2 no ano passado. Em vez de culpar os jogadores, culpou o sistema das ranqueadas e, em vez de tornar a subida mais lenta, tornou-a mais rápida.

“O sistema procura os jogadores que costumam jogar em um nível muito mais alto que o de sua classificação atual e aumenta o MMR desses jogadores até que entrem em uma classificação adequada”, a Valve disse em setembro. E parece ter funcionado.

Mas, no LoL, parece que as contas secundárias vão continuar, ao menos por enquanto.

Artigo publicado originalmente em inglês por Jerome Heath no Dot Esports no dia 18 de fevereiro.