Riot detalha próximas mudanças em Rengar para torná-lo mais acessível para jogadores de elo baixo

O campeão tem uma das taxas de vitória mais baixas da selva em todas as categorias, embora seja uma escolha contestada no elo Elite.

Imagem via Riot Games

Um desenvolvedor da Riot Games compartilhou as próximas mudanças no Rengar para torná-lo mais acessível aos jogadores de elo baixo em um tweet. Os ajustes estão programados para chegar ao Ambiente Público de Teste de League of Legends (APT) na segunda-feira, mas estão abertos para ajustes e não têm data de lançamento definida nos servidores ativos.

Três habilidades sofrerão mudanças no APT, de acordo com o designer do LoL, RiotPhlox: a passiva Predadto Oculto, Rugido de Batalha (W) e Boleadeiras (E). Os ajustes visam “aliviar pontos de dificuldade e abrir caminho na selva de Rengar” para torná-lo mais acessível em baixo elo, disse ele. Os números ainda são um trabalho em andamento e a lista de mudanças ainda é alterável, segundo ele.

Predador Oculto verá novamente ajustes para ter menos acúmulos máximos, de quatro para três (eram cinco no lançamento). Para evitar a criação de uma situação em que os jogadores de Rengar comecem a cutucar seus oponentes e gerar acúmulos de ferocidade desde o início pulando do mato, o salto não criará mais acúmulos se estiver em 0. A Riot aumentará o tempo de decaimento para 10 segundos e mudará o fortalecimento de velocidade de movimento das habilidades fortalecidas. A duração também dobrará para três segundos, mas a habilidade concederá menos velocidade de movimento percentual para equilibrá-la.

Rugido de Batalha verá uma das maiores mudanças quando a atualização chegar no APT. Ele não irá mais curar se não for fortalecido e, em vez disso, concederá armadura e resistência mágica, aumentadas a cada inimigo atingido. A habilidade fortalecida também será alterada e não cessará mais o controle de grupo, tornando Rengar suscetível se ele pular de forma imprudente.

As mudanças em Boleadeiras removerão seu tempo de lançamento ao saltar através da passiva ou ultimate e revelarão inimigos por dois segundos, uma adição bem-vinda no meta atual com vários campeões que têm invisibilidade.

A taxa de vitória de Rengar tem uma grande discrepância entre seu elo Elite (Diamante 2+) e outras classificações. No elo superior, ele tem uma taxa de escolha de 50,3%, de acordo com o site de estatísticas u.gg, enquanto no geral cai fortemente para 45,48%. Essas mudanças devem equilibrar suas estatísticas e ajudar aqueles em elo inferior a usar melhor o campeão, especialmente com a quantidade reduzida de acúmulos da passiva em três.

As recentes atualizações de pequeno alcance da Riot para vários campeões como Sona, Xin Zhao e Rammus foram bastante bem-sucedidas, com todos os três campeões vendo muito jogo depois de serem modernizados. Se a história se repetir, então Rengar pode estar fazendo uma aparição maior também.


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Cristian Lupasco no Dot Esports no dia 14 de agosto.