Para qual time você deve torcer no Campeonato Mundial de 2021?

O Mundial terá muitos desafiadores dignos do trono.

Foto via Riot Games

O mundo competitivo de League of Legends está sempre mudando e evoluindo com atualizações a cada duas semanas. Esta mudança constante no meta mantém a cena profissional nova e excitante, enquanto a base de fãs muda com vários novos jogadores subindo no ranking e novos times subindo para níveis mais altos.

Desde o início de 2021, houve uma grande mudança no LoL profissional. Muitas organizações importantes se viram ofuscadas pelos novatos em suas ligas e, para fãs casuais que não estão acompanhando todas as regiões com atenção, pode ser um pouco difícil saber quais times você deseja apoiar até o final do ano.

Aqui estão algumas das equipes pelas quais você deve torcer no Mundial 2021 com base em razões específicas que devem ajudar a maioria das pessoas em busca de uma bandeira para agitar em outubro.

Os favoritos: FunPlus Phoenix ou DWG KIA

Foto via Riot Games

Se você está apenas procurando torcer pelo melhor time geral do torneio, você pode estar em apuros. O torneio deste ano não tem um grande favorito para ganhar tudo, em comparação com os anos anteriores, onde havia uma equipe que estava claramente acima do resto da competição, à la DAMWON Gaming de 2020 ou a SK Telecom T1 em 2015 e 16.

Por causa disso, no entanto, a melhor aposta para quem vai chegar às finais provavelmente será com as equipes super estreladas da FunPlus Phoenix da LPL ou da DWG KIA da LCK. Essas duas equipes não apenas ganharam a Copa do Invocador antes, mas também pareciam incrivelmente fortes durante a Summer Split de 2021, terminando na liderança da classificação da temporada regular em sua liga.

A ressalva para essas escolhas está no fato de que a FPX perdeu para a EDward Gaming nas finais da Summer Split da LPL, enquanto a DWG KIA conquistou seu terceiro campeonato consecutivo da LCK nesta temporada. Mas isso não descarta o fato de que ambos têm alguns dos melhores jogadores do mundo em suas equipes. Se você deseja a explosividade assustadora de Nuguri, Tian, ​​Doinb, Lwx e Crisp ou eficiência brutal de estrelas como Khan, Canyon, ShowMaker, Ghost e Beryl, não há uma resposta errada entre esses dois gigantes.

A Última Dança: T1

Foto via Riot Games

Como um dos nomes mais conhecidos em todos os e-sports, Faker finalmente voltou ao palco do mundial após sua última aparição em 2019. O GOAT teve uma corrida incrível desde sua estreia em 2013, com muito mais conquistas do que muitos outros jogadores até sonhariam em alcançar.

Embora esta seção seja chamada de Última Dança, ninguém sabe se esta é realmente a última chance da T1 de encontrar a grandeza com Faker no comando como Michael Jordan de volta com o Chicago Bulls em 1998. Mas poderia ser uma história e tanto. O jogador de 25 anos teve de lidar com muitos altos e baixos desde seu último título do mundial em 2016, e a equipe já começou a experimentar as escalações principais sem ele. Mesmo assim, o Rei Demônio Inabalável e o resto de seus compatriotas poderiam trazer de volta o troféu para uma última viagem incrível.

Eles têm uma coleção de jovens talentos, como Keria, Gumayusi e Canna, que já provaram ser jogadores talentosos em seus próprios aspectos, ao mesmo tempo que têm uma estrela experiente como Teddy pronta para fornecer à equipe uma força consistente quando necessário. Faker ainda é o melhor que já jogou e a T1 ainda é o time mais icônico da história do LoL, mas depois de perder para a DWG KIA nas finais da Summer Split da LCK e não conseguir chegar ao Mundial nos últimos dois anos, uma participação neste torneio pode ser exatamente o que eles precisam para acender o fogo para o futuro.

A história da redenção: MAD Lions

Foto via Riot Games

No ano passado, a MAD Lion da LEC eram obstinados, confiantes e prontos para enfrentar todos os oponentes quando eles subissem ao palco do Mundial. Mas para muitos desses jogadores, esta foi também a primeira vez que experimentaram uma competição internacional, e a inexperiência acabou se tornando a ruína do grupo, já que eles se tornaram a primeira grande região a ser eliminada na fase de entrada do torneio.

Foi uma exibição embaraçosa, mas esse revés não desencorajou o orgulho jovem da Europa. Na verdade, o grupo ficou ainda mais faminto pelo sucesso e, com as novas adições de duas estrelas ardentes em Armut e Elyoya, esta equipe alcançou as estrelas ao ganhar troféus na LEC consecutivos em 2021. Eles ajudaram a inaugurar um nova era para a região, com rostos novos e organizações assumindo as tochas dos antigos para guiar a próxima geração adiante.

Eles voltaram ao palco em que antes tropeçaram, prontos para se erguerem e representar sua região como o melhor que a liga tem a oferecer. Eles não são mais os novatos do passado. Eles têm muita experiência contra alguns dos melhores do mundo depois de participar do MSI 2021 e provaram que podem aguentar a pressão do momento. Mas, como a primeira semente da LEC, há expectativas maiores sobre seus ombros.

Não há mais tempo para pensar sobre seus erros e fracassos do passado. O único fator sobre o qual a MAD Lions têm controle é o que está por vir no Mundial 2021. Este é o enredo que você deve assistir se quiser redenção e glória.

O Cavalo Negro: PSG Talon

Foto via Riot Games

Sempre que é a temporada do Mundial, a maioria dos fãs espera que os melhores times venham de uma das principais regiões do LoL, seja um time da China, Coréia, Europa ou América do Norte. Este ano, no entanto, as equipes de regiões menores chocaram o mundo com seu nível de jogo no MSI. Equipes como a Detonation FocusMe da LJL surpreenderam as pessoas com fortes atuações contra Cloud9 e DWG KIA, mas o outro time que apareceu muito foi a própria PSG Talon da PCS.

A equipe está repleta dos melhores jogadores da liga e, no MSI, eles até venceram jogos contra times como a MAD Lions, C9 e Royal Never Give Up da China, embora tenham sido forçados a jogar com um atirador substituto. Apesar de terem sido eliminados na fase de mata-mata pela RNG, eles provaram que são uma força a ser reconhecida e um time que deve ser temido no Mundial deste ano.

Desta vez, a PSG procura se superar com um desempenho ainda maior. A equipe é agressiva e confiante em suas habilidades, tanto individualmente quanto como uma única unidade, e a equipe é uma reminiscência de algumas equipes da LPL com sua tendência para lutas constantes. Eles também foram incrivelmente dominantes durante todo o ano, terminando a temporada regular de 2021 Summer Split com um recorde perfeito de 18-0.

Eles esmagaram a concorrência desde o primeiro minuto, ostentando uma diferença de ouro média irreal de 3.335 aos 15 minutos, de acordo com o Oracle’s Elixir. A PSG também teve o segundo tempo de jogo mais rápido da liga, com um impressionante KDA de equipe de 2,81. No MSI, eles mantiveram seu nível de jogo com o segundo maior KDA de equipe no torneio, e a segunda maior diferença de ouro média em 15 minutos, ficando atrás apenas da RNG na categoria.

Se houver um existe a possibilidade de se surpreender com muitas vitórias, ela será escrita pelas garras afiadas da PSG.


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Tyler Esguerra no Dot Esports no dia 22 de setembro.