Riot Games remove ícones de YouTubers do servidor de testes de League of Legends

Ícones de BRKsEdu, MrPoladoful e T3ddy foram removidos do PBE.

Foto via Riot Games | Montagem por Bhernardo Viana

A Riot Games retirou todos os ícones de YouTubers do servidor de testes de League of Legends nessa quarta-feira. Os ícones de jogador com referência aos canais de YouTubers brasileiros como BRKsEdu, T3ddy e MrPoladoful foram adicionados pela empresa ontem no PBE.

Nenhum desses YouTubers é focado em produzir conteúdo sobre League of Legends.

Depois que a Riot incluiu os ícones no servidor de teste, a comunidade brasileira de jogadores protestou contra a adição. Diversos jogadores fizeram publicações nos fóruns oficiais do jogo reclamando que os criadores que receberam ícones não falam de LoL e que “os criadores de conteúdo que estão aí desde o beta” são ignorados pela Riot.

A Riot fez um pronunciamento oficial por meio de sua gerente de relações com influenciadores, a Rioter Pixie, em que reconheceu o erro de valorizar YouTubers alheios ao jogo e desvalorizar os criadores de conteúdo de League of Legends.

Pixie disse que a Riot não teve “a intenção de diminuir a importância desta parceria” entre os YouTubers de LoL, a comunidade e a empresa. “Sabemos que os criadores de conteúdo brasileiros contribuem muito para o jogo e para a comunidade, com dedicação e criatividade,” Pixie disse.

Pixie explicou que os ícones eram parte de uma iniciativa global da Riot Games. A iniciativa busca dar apoio aos criadores de conteúdo de League of Legends para expandir o público do jogo no Brasil e no mundo. “Parte da estratégia é convidar YouTubers que ainda não jogam League para começar a jogar e compartilhar experiências com suas diversas audiências”, Pixie disse.

Mas o lançamento da iniciativa atrasou em todo o mundo, de acordo com Pixie, o que deixou precipitada a inclusão dos ícones no Brasil. “Para sermos justos com os influenciadores e criadores de conteúdo de League no Brasil, decidimos não disponibilizar os ícones que vocês viram no PBE por aqui.”

A funcionária da Riot enfatizou que o programa de incentivo aos criadores de vídeo, a Academia de Piltover, ainda está aberto com recompensas diversas para novos criadores de conteúdo sobre o jogo.

Pixie não esclareceu se os ícones voltarão ao servidor de testes ou ao servidor oficial em algum momento no futuro. Ela também não citou se os criadores de conteúdo focados em League of Legends receberão ícones ou outros itens em jogo como reconhecimento de seu trabalho.

Aa Riot Games disse em um email ao Dot Esports que “por ora, o que a Riot Games tem a dizer é o que está no artigo da Pixie.”