FunPlus Phoenix doa 2 milhões de yuan para ajudar vítimas do coronavírus

Mais de 7.700 casos do vírus foram confirmados na China.

Foto via Riot Games

Os vencedores do Campeonato Mundial de League of Legends 2019 estão usando o prêmio de seu trabalho por uma boa causa.

A FunPlus Phoenix, da LPL, doou mais de 2 milhões de yuan (equivalente a aproximadamente 1,2 milhão de reais) para ajudar na luta contra o coronavírus em Wuhan, China. Organização, técnico, jogadores e equipe contribuíram para prestar apoio às vítimas do vírus.

O People’s Daily revelou hoje no Weibo que a doação será direcionada a materiais, como proteção médica e apoio direto a Wuhan. O conglomerado multinacional chinês Tencent, a empresa por trás da LPL, também doou 300 milhões de yuan (cerca de 185 milhões de reais) para a causa.

Até ontem, profissionais chineses da saúde confirmaram mais de 7.700 casos do coronavírus na China, com mais de 4.500 casos na província de Hubei, em Wuhan. O número total de mortes subiu para 170 e já se espalhou por 15 outros países. No Brasil, há 9 casos suspeitos em 6 estados.

Para tentar impedir que o vírus se espalhe mais, Wuhan foi posta em quarentena, impedindo que transporte público entre ou saia da cidade. Uma lista cada vez maior de companhias aéreas cancelou voos indo e voltando da China, para tentar impedir que o surto se espalhe mundialmente.

A Riot Games também adiou a segunda semana da LPL devido ao surto. “Decidimos adiar a semana 2 da LPL até que possamos garantir a segurança e saúde dos nossos jogadores e fãs”, a LPL escreveu no Twitter. “Aos nossos fãs, nosso sincero pedido de desculpas por ter chegado a esse ponto. Vamos compartilhar toda e qualquer informação assim possível.”

Artigo publicado originalmente em inglês por Jerome Heath no Dot Esports no dia 30 de janeiro.