Como a atualização que a Riot propõe para Ivern vai alterar seu estilo de jogo

Há algumas grandes mudanças planejadas para Ivern na atualização 9.17.

Imagem via Riot Games

Foram anos difíceis para Ivern desde que ele entrou para o arsenal de campeões de League of Legends em 2016.

Houve longos períodos em que ele era tão fraco que era quase impossível de jogar, e até alguns momentos em que tão poucas pessoas jogavam com ele que sites como OP.gg nem conseguiam dados suficientes sobre ele para trabalhar. Porém, houve momentos breves em que ele ficou tão forte que definia o meta da selva. Sem contar que o balanceamento dele tem sido conhecido por ser difícil para a equipe da Riot. Na esperança de resolver tudo isso, a Riot está planejando uma repaginada nas habilidades da árvore feliz e não tão pequena assim.

O designer da Riot, Blake Smith, propôs uma longa lista de mudanças no Twitter ontem.

A atualização pode ser dividida em três categorias. Primeiro, os ataques dele agora serão todos à distância. Segundo, os aliados que entrarem nos arbustos que ele coloca vão ganhar o mesmo dano bônus que ele recebe no W. Por último, Margarida não será mais controlável, mas sim uma tropa bem grande. Isso terá implicações óbvias no estilo de jogo dele, especialmente o fato de agora atacar à distância. Mas, como em qualquer grande mudança de campeão, haverá consequências no resto do jogo.

Resumindo, a identidade de Ivern como um campeão de suporte será solidificada. Ele não terá mais muitos motivos para se meter no meio da bagunça, sendo um campeão que ataca à distância, e agora poderá fortalecer o dano ao contato dos aliados. Com Turíbulo Ardente, é uma bela fortalecida, e ele também pode direcionar o atirador ou outro companheiro de equipe aonde quiser através dos arbustos. A mudança de Margarida também terá um efeito maior.

Não podendo mais controlá-la, Ivern perde a habilidade de empurrar torres em segurança, o que é hoje um de seus pontos mais fortes. Construindo bem sua identidade além disso, não é algo ruim. Afinal, com uma das taxas de popularidade mais baixas do jogo, às vezes a mais baixa, literalmente não pode ficar pior.

Os jogadores de Ivern não se convenceram, porém, e alguns se preocupam que atacar à distância e não poder controlar Margarida estraguem sua identidade como campeão. Os argumentos principais parecem ser que todas as estratégias são estragadas se não for possível controlar a Margarida, o que é verdade. E há reclamações por ele não poder mais usar o Q para seguir os inimigos passando por cima de paredes, já que ele pode atirar à distância agora. São duas reclamações válidas, mas, novamente, o parâmetro era baixo. Ivern já está no fundo do poço.

São mudanças bem grandes e experimentais, então só devem aparecer no jogo a partir da atualização 9.17.

Artigo publicado originalmente por Aaron Mickunas em inglês no Dot Esports no dia 07 de agosto.