As 3 melhores equipes de League of Legends de 2020

Aqui estão as melhores equipes que chegaram ao Summoner's Rift nesse ano.

Foto via Riot Games

Ao nos aproximarmos do final do ano, muitas pessoas ficarão gratas, pois 2020 foi um dos anos mais turbulentos dos últimos tempos. Muitas indústrias em todo o mundo tiveram que se ajustar rapidamente às perigosas circunstâncias da pandemia COVID-19, e o cenário de esportes eletrônicos de League of Legends não foi exceção.

Foi difícil tanto para as equipes quanto para os jogadores, já que poucos haviam experimentado o LoL em um grande palco como este antes. Quer fosse tudo online ou no estúdio sem uma multidão para torcer por eles, vários jogadores admitiram que era diferente jogar a temporada dessa maneira.

E, no entanto, algumas equipes perseveraram nas dificuldades e incertezas. Algumas equipes se adaptaram e tornaram-se iterações ainda melhores para vencer.

Aqui estão as três melhores equipes do LoL de 2020.

DAMWON Gaming

Foto via Riot Games

Não deve ser surpresa que os campeões mundiais de 2020 estejam incluídos nesta lista. Após sua apresentação na segunda metade do ano, a DAMWON gravou seu nome nos livros de história como uma das equipes mais dominantes que vimos em muito tempo.

Esta equipe apresentava estrelas como Nuguri, Canyon e ShowMaker, todos jogadores considerados melhores do mundo em suas respectivas funções. Ghost e BeryL também formaram uma das duplas de bottom lane mais subestimadas no Mundial, já que o primeiro se tornou um dos melhores atiradores do mundo, enquanto o último ajudou a assumir o controle do mapa com roams agressivos e decisivos.

Foto via Riot Games

Embora a equipe tenha terminado em quinto lugar e tenha sido eliminada antes da fase de entrada da Spring Split de 2020, a Summer Split foi uma história completamente diferente. Na verdade, desde o início do seu início, a equipe perdeu apenas dois jogos no caminho para seu primeiro campeonato na LCK.

A jornada da DAMWON pelo Mundial foi tão destrutiva, com a primeira semente coreana perdendo apenas um jogo na fase de grupos para a JD Gaming. Depois, eles ultrapassaram a DRX com facilidade e venceram a G2 Esports em quatro jogos. Na final, eles perderam apenas uma partida contra a Suning a caminho do Campeonato Mundial.

A DAMWON perdeu Nuguri na pré-temporada, porém, e o talentoso topo era uma grande parte da identidade do time. Mas esse grupo específico de jogadores sempre será capaz de olhar para 2020 e pensar “este foi o ano em que trouxemos a Copa do Invocador de volta para a Coreia”.

Suning

Foto via Riot Games

Embora a Suning não tivesse um elenco cheio de estrelas como a DAMWON, toda a equipe tinha um enredo que poderia fazer qualquer fã do LoL torcer por eles durante o Campeonato Mundial.

Ao longo do torneio, a Suning foi um azarão na maioria das lutas que enfrentou, especialmente na fase eliminatória. Quer fosse a JDG, a Top Esports ou a DAMWON, muitas pessoas pensaram que a terceira semente da LPL seria eliminada.

E ainda assim sua formação chocou o mundo mais e mais. Durante o Summer Split de 2020, a Suning perdeu para a JDG e a TES, e até foi varrida por eles na fase de entrada. Mas durante o Mundial, eles superaram os dois na melhor de cinco, perdendo apenas um jogo para cada um.

Foto via Riot Games

Quer fosse o caçador SofM exibindo seu chamativo Lee Sin, o ascendente atirador Huanfeng de Jhin e Ezreal, ou seu jovem astro, Bin, colocando o time em sua mochila para levá-los à vitória, o elenco da Suning rapidamente se tornou popular entre os fãs graças a seu jogo emocionante e não convencional.

Essa equipe perseverou em todas as suas deficiências, transformando-se de um time de 11º colocado na Spring Split para um finalista do Mundial. Mesmo que eles não tenham derrubado a DAMWON, sua participação em 2020 ainda é algo para se orgulhar.

No próximo ano, a Suning terá que ajustar sua programação devido à saída do suporte veterano, SwordArt, que fez a viagem para os Estados Unidos para ingressar na TSM. O talentoso jovem de 23 anos era o líder desta jovem equipe, mas esse ano pode ter sido o suficiente para dar ao resto da Suning experiência para ajudá-los a permanecer em um alto nível.

G2 Esports

Foto via Riot Games

Este foi um ano interessante para os fãs da G2, já que eles não pareciam tão dominantes quanto em 2019. No entanto, o rolo compressor europeu ainda era o melhor time do Ocidente desse ano passado.

Com um núcleo poderoso composto por alguns dos melhores jogadores da região, a equipe tropeçou uma quantidade surpreendente de vezes, incluindo derrotas na fase de entrada para a MAD Lions e Fnatic e um terceiro lugar durante a temporada regular do Summer Split de 2020.

Mesmo que a equipe parecesse estar passando por uma fase difícil, eles sabiam como ativá-los quando era importante durante a fase de entrada. A G2 acabou voltando às finais da LEC, onde derrotou a Fnatic pelo título consecutivo.

Foto via Riot Games

O Mundial 2020 começou muito bem, com a equipe empatando com a Suning pelo primeiro lugar no Grupo A com uma pontuação de 4-2. Eles também venceram a Gen.G, mas acabaram sendo derrotados pela DAMWON em quatro jogos.

Muitos fãs da UE pensaram que a G2 finalmente se vingaria da derrota na final contra a FunPlus Phoenix no ano anterior, e é por isso que esse resultado foi relativamente decepcionante. Essa saída precoce, no entanto, pode ser exatamente o que a equipe precisava para empurrá-los para outro nível.

Na pré-temporada, a equipe se separou da estrela do meio, Perkz. Foi uma decisão que chocou o mundo, mas às vezes até os melhores times precisam de algumas mudanças para continuar crescendo. Com o atirador superestrela e ex-jogador da Fnatic Rekkles agora no time, a G2 está pronta para quebrar recordes e fazer história novamente em 2021.


Siga-nos no  YouTube  para mais notícias e análises de e-sports.

Artigo publicado originalmente em inglês por Tyler Esguerra no Dot Esports no dia 28 de dezembro.