Imagem via Riot Games

As 10 maiores jogadas da fase de grupos do Campeonato Mundial 2020 de League of Legends

O Mundial nunca falha.

Quando todos os melhores jogadores do mundo de League of Legends se juntam no Summoner’s Rift, é de se esperar que haja alguns momentos explosivos.

Recommended Videos

Seja em jogadas macro criativas, 1×1 muito próximos ou grandes lutas em equipe que viram o jogo, os profissionais conseguem fazer coisas incríveis com seus teclados e mouses.

Agora que a fase de grupos do Campeonato Mundial 2020 acabou, confira 10 das melhores jogadas dessa fase.

10) Ruler mostra à Fnatic quem manda: Fnatic vs. Gen.G

Apesar de ter sido muito presente no início do ano, Aphelios apareceu pouco no Mundial, talvez devido aos enfraquecimentos seguidos que recebeu para que ficasse menos dominante. Mas, no jogo contra a Fnatic, Ruler, da Gen.G, provou que Aphelios ainda pode ser tão forte quanto era no começo.

A jogada começa mal para a Gen.G, com Life sendo atacado pela Leona de Hylissang e sofrendo muito dano. Mas, com Rekkles de Senna, o dano inicial da Fnatic não era suficiente para abater um Taric, e a Gen.G virou a luta com Life mantendo Ruler vivo por tempo suficiente para garantir o double kill no nível quatro. 

9) Roubo milagroso de Barão por Jensen: Team Liquid vs. Suning 

Esse é o tipo de jogada que, em uma partida normal, faz com que você receba quatro honras. O jogo já parecia perdido para a Team Liquid contra a Suning. Eles estavam atrás por cinco abates, quatro torres, três dragões, uma alma do oceano e, em breve, um barão. Quando tudo parecia perdido, Jensen, astro da rota do meio, fez um roubo sensacional. Com o barão e toda a equipe da Suning escondidos no escuro, ele lançou uma Esfera Negra por cima da parede e garantiu o bônus para seu time. Apesar de a Liquid ter perdido a partida, a jogada de Jensen aproximou uma disputa que antes parecia fácil para a Suning.

8) Cuidado com a Evelynn de Selfmade: Fnatic vs. TSM 

No atual meta da selva, Evelynn é um ponto fora da curva: uma caçadora carregadora do tipo que raramente se vê fora da LEC, com outras regiões favorecendo sempre Nidalee, Graves e Lillia.

Mas, nesta partida, a TSM e seu Doublelift acabaram encontrando Selfmade, caçador da Fnatic, em uma jogada surpreendente. Depois de usar um amuleto azul pela parede para ter visão do inimigo, Selfmade rapidamente eliminou a Senna de Doublelift com um combo impecável de Evelynn. Ele próprio nem sofreu dano suficiente para quebrar o escudo de seu Véu da Banshee. A ultimate de Selfmade permitiu que ele voltasse pela parede tão rapidamente quanto chegou, levando todas as esperanças de vitória da TSM junto com ele.

7) SofM rouba o Arauto do Vale: Suning vs. Machi Esports

SofM e SwordArt começaram uma jogada arriscada no Arauto, enquanto toda a Machi estava sumida. Eles acabaram sendo pegos em uma luta 2×3 que tinham poucas chances de ganhar. De alguma forma, no meio do caos, uma lança da Nidalee de SofM garantiu o Arauto, impedindo que a Machi o pegasse.

Mas, com toda a luta acontecendo ali, a Suning não teve a chance de entrar no covil e pegar o Olho do Arauto, ao menos até que seu atirador e suporte aparecessem. Eles distraíram a Machi por tempo suficiente para SofM entrar, pegar o Arauto e sair rapidamente para a rota superior.

6) LvMao nível de Honra 5: JD Gaming vs. DAMWON Gaming

Às vezes, uma boa jogada não é só a que garante um pentakill 1×5 ou um roubo de objetivo sem visão. Como todo suporte sabe, é imensamente satisfatório tirar seu aliado das garras da morte, e foi exatamente o que LvMao fez por Yagao nesta jogada.

Yagao foi pego na movimentação para o Barão em uma jogada que parecia perfeita para a DWG. Se eles eliminassem Yagao, poderiam ter conseguido garantir a alma do dragão sem precisar se preocupar com a JDG fazer o Barão nesse meio-tempo. Enquanto Yagao, BeryL e ShowMaker ficavam em cima uns dos outros, ele usou sua Têmpera do Destino apenas em BeryL e Showmaker, permitindo que Yagao escapasse em segurança.

5) Como acabar com o bônus do Barão: DRX vs. JD Gaming 

O ganho de ouro com o bônus do Barão é uma das estatísticas mais interessantes para quem assiste aos jogos de LoL. Ela acompanha a quantidade de ouro ganho derrubando torres com tropas fortalecidas pelo Barão. Quanto maior for o ganho de ouro dessa jogada, maior é a chance que o time tem de conseguir a vitória. Mas o Barão nem sempre é a chave para o sucesso.

Neste trecho, a DRX provou que não precisava matar um monstro roxo para vencer a luta. Pyosik conseguiu o sonho de todo caçador acertando um chute de Lee Sin em quatro inimigos, e tudo que Deft precisou fazer foi girar os machados de Draven para acabar com o que restava da JDG.

4) Onda de choque tripla de Knight: DRX vs. Top Esports

Orianna tem sido uma constante no meta do competitivo do Mundial 2020. Sendo a segunda campeã mais usada na rota do meio em todo o campeonato (depois apenas de Syndra), seu controle, zoneamento e dano consistente fazem dela uma escolha forte. Apesar de seu desempenho ter variado, dependendo de cada jogador, nesta jogada em particular Knight mostrou o verdadeiro poder da campeã para controlar rotas e zonear inimigos.

No jogo da TES contra a DRX, o first blood foi o mais demorado do campeonato até então. Knight posicionou a esfera de Orianna de uma forma que ficasse escondida no modelo do campeão de Doran. Isso significa que ele conseguiu atingir três inimigos com uma Onda de Choque e o Dano Colateral do Graves de Karsa ajudou a garantir os três primeiros abates da TES no jogo.

3) Defesa de base milagrosa da G2: G2 vs. Suning

Há poucos momentos mais estressantes do que os últimos, e cruciais, segundos na base, antes que o jogo acabe. Um grupo busca a vitória e o outro faz tudo que pode para evitar a derrota. Em momentos como esses, as decisões certas brilham, como aconteceu na partida entre G2 e Suning. 

A vitória da Suning parecia quase garantida, mas a G2 não ia deixar tão fácil. Um Wunder incrivelmente resistente se sacrificou para atrapalhar a linha de frente da Suning enquanto o posicionamento impecável de Perkz permitiu que seu Ezreal causasse muito dano, acertando todas as habilidades que tinha. O retorno perfeito de Caps fez com que a Suning fosse obrigada a voltar da base da G2 — e, depois dessa defesa insana, um Barão para a G2 garante a vitória. 

2) Do nada, um Nuguri: DAMWON Gaming vs. PSG Talon

Jogar de Kennen é quase um rito de passagem para um jogador da rota superior da LCK. Apesar de não ser muito popular fora da Coreia, a região tem alguns dos melhores Kennens do mundo, sendo um deles Nuguri, da Damwon. Na jogada, Nuguri deu uma aula de como esperar o momento certo.

Depois de esperar calmamente em um arbusto enquanto a PSG Talon lutava contra seu time no dragão, ele compensou. Nuguri esperou uma ultimate dos Kindred e a quase-morte de seus aliados para soltar raios e trovões na retaguarda da PSG.

1) O barril vencedor de Bin com Gangplank: Suning vs. G2 Esports

Há poucos momentos do LoL em que pode se dizer que um só botão decidiu os rumos de um jogo. A Flecha de Cristal Encantada de PraY no Mundial 2016 é um dos maiores exemplos desse tipo de decisão que decide o jogo. Neste ano, outra habilidade foi adicionada à lista.

No embate de 45 minutos da Suning contra a G2, o jogo ficou ainda mais disputado quando a G2 garantiu a Alma Infernal aos 43 minutos. Parecia que a G2 levaria a vitória com o bônus da alma, mas Bin tinha outra ideia. Ele se teletransportou para trás das fronteiras inimigas com seu Gangplank e acertou um barril impressionante na G2, permitindo que o resto de seu time viesse finalizar a luta.


O Mundial 2020 está na fase eliminatória desde 15 de outubro, às 7h BRT.

Artigo publicado originalmente em inglês por Megan Kay no Dot Esports no dia 13 de outubro.

related content
Read Article Melhores opções para enfrentar Kai’Sa em League of Legends
Read Article Melhores opções para enfrentar Mundo em League of Legends
Read Article Correção de Swain após alteração na atualização 12.8 do LoL
Related Content
Read Article Melhores opções para enfrentar Kai’Sa em League of Legends
Read Article Melhores opções para enfrentar Mundo em League of Legends
Read Article Correção de Swain após alteração na atualização 12.8 do LoL
Author
Jéssica Gubert
Jéssica is a writer, editor, and translator working at GAMURS since 2019, but with a lifelong experience in word games and TV shows. She can also be found at concerts or babbling about board games anywhere.