Ahri, terreno Quimtec e cura devem receber mudanças ao longo da temporada de 2022 do LoL

Os jogadores do LoL podem esperar mudanças ao longo do ano com o objetivo de tornar o jogo mais saudável.

Imagem via Riot Games

Com o final da temporada de 2021 de League of Legends se aproximando rapidamente, a Riot Games detalhou algumas mudanças de curto e longo prazo que devem ajudar algumas partes de baixo desempenho do jogo, ao mesmo tempo em que abordam algumas mecânicas esmagadoras que permitiram que alguns campeões e mecânicas florescessem por meses.

Em um novo blog de desenvolvedores Visões de Balanceamento, Riot Axes, o designer chefe de campeões do LoL, revelou os planos atuais para mudanças que a equipe está procurando para a saúde e longevidade do jogo nos próximos meses e ao longo de 2022. Essas mudanças são todas provisórias e em teste interno na Riot. Portanto, elas podem não ser lançadas da mesma forma nos servidores ativos, nem a extensão da maioria das alterações atualmente é conhecida.

Em relação aos planos de curto prazo, Riot Axes revelou que a equipe está analisando alguns sistemas introduzidos durante a pré-temporada, bem como alguns campeões que não tiveram um desempenho no nível que a equipe gostaria. O novo Dragão, Alma e terreno Quimtec, estão todos no radar da equipe devido aos problemas crescentes que os jogadores estão encontrando com seus pontos fortes. Para compensar, Axes especificou que na Patch 12.1, a primeira atualização da temporada de 2022, eles irão adicionar mais plantas Florividentes ao terreno Quimtec para permitir que a visão seja mais difundida sem o uso de Sentinelas de Controle constantes.

Itens de lutador que quase todo lutador de DdA tem que trazer para sobreviver na rota topo e na selva, como o Sinal de Sterak, também estão sendo reavaliados. Axes listou Mandíbula de Malmortius e Dança da Morte como itens que a equipe espera mudar para serem melhores alternativas ao Sinal de Sterak. A previsão é que as alterações desses itens sejam divulgadas no primeiro semestre de 2022.

Além disso, as alterações reveladas anteriormente no teletransporte que estão em teste no APT devem chegar aos servidores ativos. Esta iteração do Teleporte faz com que os jogadores só possam usar o feitiço para viajar para torres antes de 14 minutos. Depois disso, ele se transforma na iteração atual do feitiço, onde pode ser usado para se teletransportar para qualquer item aliado no mapa.

“Nosso objetivo é limitar essa influência e eliminar alguns casos problemáticos e extremos, mantendo sua capacidade de estabilizar a perda de rotas, permitir investidas no meio/fim de jogo e criar oportunidades de entrada pelos flancos”, disse Axes.

Quanto aos campeões que estão no radar da equipe de design do jogo, Axes detalhou que Janna e Ahri são alvos para as próximas mudanças no estilo Lucian. Embora ele não tenha entrado em detalhes sobre as mudanças propostas para Ahri, foi previamente revelado que mudanças extensas em Janna estão sendo testadas. Mas elas foram adiadas para ver melhor como afetarão o estilo de jogo de Janna. Mais detalhes serão revelados em uma data posterior.

Em relação às mudanças de longo prazo, Riot Axes explicou que todos os times do LoL estão avaliando danos e sustentação, dois fatores elevados extensivamente com a introdução de itens Míticos na temporada de 2021 e aqueles que foram sujeitos a grande controvérsia ao longo do ano. A equipe de design do jogo especificou que essas mudanças são todas conceituais e que “não estão prometendo nenhum resultado específico”.

O dano de explosão é o primeiro conceito especificado no blog do desenvolvedor como uma área de interesse dentro da equipe de design do jogo. “Apenas começamos a fazer essa pesquisa, mas achamos que as mortes por explosão acontecem com muita frequência e rapidez”, disse Axes. Os desenvolvedores estão considerando várias opções para diminuir a extensão do dano de explosão em campeões de várias classes e estão se concentrando nos efeitos do meio para o final do jogo de tal dano de explosão, particularmente de assassinos. Embora a equipe esteja olhando para esses efeitos negativos de dano de explosão ao longo da duração do jogo, Axes garantiu que nenhuma classe específica de campeões fosse destruída e a fantasia de “um só golpe” em um inimigo não fosse completamente removida. 

Em seguida, vem cura e sustentação, sem dúvida a área mais controversa do LoL ao longo da temporada de 2021, graças a itens como o Regenerador de Pedra Lunar e campeões como Yuumi e Soraka. A equipe internamente não acredita que a cura e a sustentação concedidos por itens e runas estejam em um estado de equilíbrio, apesar das inúmeras mudanças implementadas ao longo do ano, com Axes admitindo que a equipe está “significativamente fora de onde queremos estar” em relação a essas duas áreas. Outras mudanças na cura e na sustentação são definidas para se alinhar com as mudanças no dano por explosão. Então, até que os conceitos de dano de explosão sejam finalizados, a equipe não tem uma direção concreta sobre como lidar com a capacidade de sobrevivência.

A temporada de 2022 do LoL, junto com a atualização 12.1, deve ser lançada em 4 de janeiro, com as notas da atualização provavelmente sendo reveladas após a temporada de férias.


Certifique-se de nos seguir no  YouTube  para mais notícias e análises sobre esportes.

Artigo publicado originalmente em inglês por Ethan Garcia no Dot Esports no dia 17 de dezembro.