Valve revela grandes mudanças na criação de partidas de Dota 2

Estamos curtindo essa nova Valve que se comunica com a comunidade.

Imagem via Valve

A Valve lançou a maior atualização de todos os tempos para a criação de partidas de Dota 2, que inclui mudanças radicais e ajustes, além de ter revelado um breve roteiro para o futuro do jogo.

Apesar de a Valve ser famosa por sua estrutura horizontalizada, que é dada como vantagem para a inovação e criatividade dos desenvolvedores, a Valve também é conhecida por não se comunicar muito com a comunidade. Isso parece estar mudando depois de nove anos de Dota 2.

Uma publicação no blog oficial anunciou a atualização da criação de partidas logo depois do lançamento do Tesouro Imortal 3, falando diretamente sobre várias das reclamações da comunidade em relação à criação de partidas e mais um pouco. A desenvolvedora lançou a atualização como “mudanças experimentais” que vão durar até o fim da temporada.

O MMR solo e em equipes tem sido uma medida padrão desde o começo, sendo o MMR solo conhecido na comunidade como mais valioso e uma medida mais precisa de habilidade. Quando a Valve atualizou o sistema de ranqueadas para incluir medalhas, os jogadores com MMR de equipes alto não conseguiam passar de uma certa medalha, e não poderiam estar na lista dos maiores pontos, não importa quantos pontos tivessem.

A Valve reconheceu que todos esses fatores “enfatizam muito” o MMR solo, fazendo com que os jogadores prefiram a criação de partidas solo em vez da em equipes. A Valve disse que “Dota é um jogo que depende muito de saber jogar em equipe” e queria ampliar o foco da criação de partidas nisso. Apesar de a desenvolvedora ter “considerado outras abordagens para incentivar a jogar com amigos”, a Valve continuou confiante em sua decisão fora da caixa. Os desenvolvedores confirmaram que “há mais trabalho a ser feito aqui” e vão continuar trabalhando nesse aspecto.

A Valve também passou o competitivo com funções para os servidores públicos. Antes uma funcionalidade exclusiva do serviço pago Dota Plus, agora o competitivo com funções será uma parte essencial da criação pública de partidas, junto com os diferentes MMRs principais e de suporte. 

O novo sistema competitivo com funções permite que várias funções sejam escolhidas, e introduziu dois tipos de Suporte como a quarta e quinta funções. Antes, só havia uma opção “Suporte” na funcionalidade do Dota Plus. Agora, os quadros de pontos não serão estabelecidos apenas com base no seu MMR solo, mas também levarão em conta os MMR diferenciados.

O sistema de criação de partidas tem sido alvo de reclamações da comunidade há muito tempo, e tanto os jogadores profissionais quanto os casuais já expressaram seu descontentamento. A Valve certamente parece ter levado as preocupações a sério, implementando grandes mudanças. A Valve sempre mexeu no sistema de criação de partidas, mas as mudanças aqui prometem ter mais impacto a longo prazo.

Artigo publicado originalmente por Dexter Tan Guan Hao em inglês no Dot Esports no dia 06 de agosto.